Monthly Archives: abril, 2019

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Homicídios, Delegacias Regionais de Caxias e Timon, deflagrou na manhã desta terça-feira (30), a “Operação Balaiada”, nas cidades de Caxias e Aldeias Altas/MA. Ao todo, 7 policiais já foram presos temporariamente. Todos apontados como integrantes de grupos organizado que cometia homicídios e outros delitos penais na região de Caxias e Aldeias Altas.
A operação tem o apoio da Polícia Militar e Centro Tático Aéreo. E cumpre mandados de prisão temporária e busca e apreensão expedidos pela Primeira Vara da Comarca de São Luís-MA. As investigações seguem na Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa.
Foram presos temporariamente 05 Policiais Militares e dois civis, moradores do município de Aldeias Altas.
fonte: Portal Sinal Verde 

O secretário da SAF, Júlio César Mendonça, esteve reunido na manhã desta segunda-feira (29), com a Agerp e o Iterma para discutir propostas de parcerias entre o Consórcio Público Intermunicipal Norte e Leste Maranhense (CONLESTE) e Governo.

Presentes, a presidenta da Agerp, Loroana Santana; os secretários Adjuntos, Luciene Dias, Mávio Rocha e Chico Sales; a diretora de Ater, Alessandra Araújo; o chefe de Gabinete do Iterma, George Reis; o prefeito de Morros, Sidrack Feitosa e Ozenildo Correia (CONLESTE); o secretário de Agricultura de Morros, Márcio Araújo; superintendente da SAF, Ladyanne Pinheiro.

 

Curso de Maquiagem com a Profissional Karol Gomes. Nos dias 08 e 09 de maio. Local das Inscrições; no Centro Paroquial-Rua da linha, atrás da Igreja Matriz, em Peritoró-MA.

Inscrições dia 07 de maio das 8:30 as 17h, taxa de inscrição trinta reais. O  Valor do Curso é cem reais.  Mais informações com Tiago Soares no watsap(99)981463192,

Aproveite a Oportunidade!!!

Para o ministro da Educação, Abraham Weintraub, filmar professores em sala de aula é um direito dos alunos. Ele disse que ainda irá analisar o conteúdo dos vídeos compartilhados nas redes sociais, neste domingo (28/04/2019), pelo presidente Jair Bolsonaro e por seu filho, Carlos, para saber se alguma irregularidade foi cometida pelos educadores.

“Não incentivo ninguém a filmar uma conversa na rua, mas as pessoas têm o direito de filmar. Isso é liberdade individual de cada um. Vou olhar os casos com calma. Não faremos nada de supetão”, afirmou Weintraub, lembrando que, como professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) sempre deixou que seus alunos gravassem as aulas e fotografassem a lousa.

Segundo o ministro, o objetivo não é “criar um clima de caça às bruxas” e os professores devem ficar tranquilos, pois “o direito de todos será preservado”. Ele afirmou, porém, que podem ser necessárias medidas para “melhorar o ambiente escolar” nos casos relatados.

“Pelo que me foi descrito, o dinheiro do contribuinte não estava sendo gasto da melhor forma. Se eu tivesse pagando por uma aula dessas, eu me sentiria lesado. Agora, vamos olhar com calma e analisar dentro da lei o que pode ser feito, respeitando professores, alunos e pagadores de impostos”, disse.

Bolsonaro compartilhou no Twitter na manhã deste domingo um vídeo com a legenda “professor tem que ensinar e não doutrinar”. Ele mostra uma aluna questionando uma professora sobre críticas que teriam sido feitas por ela ao governo, ao projeto “Escola sem Partido” e ao guru bolsonarista, Olavo de Carvalho.

Minutos depois, Carlos compartilhou na mesma rede social um vídeo no qual um professor discutia com um aluno, gritava, e falava mal de Bolsonaro. Carlos publicou o vídeo com a legenda “Gravar/filmar aulas é ato de legítima defesa contra os predadores ideológicos disfarçados de professores”.

O ministro afirmou que os professores não devem ficar “apavorados” e que têm liberdade para tecer comentários fora do horário da aula. “Claro que ele pode fazer comentários e pode ter sua opinião. Se ele fala qualquer coisa no intervalo, está no direito dele. Se a aula foi boa, o aluno aprendeu, não temos nada com isso”, disse.

Na noite do último domingo (28), um homem identificado como Sanclei foi morto a tiros em Lago da Pedra. 

A vítima estava num bar na Avenida Roseana no momento do crime. Ele faleceu por volta das 12h. 

Sanclei trabalhava com Móveis Planejadas. Informações sobre os suspeitos e a motivação do crime ainda são desconhecidas.

– Com informações de Walney Batista (Lago da Pedra)

O acidente aconteceu na tarde de domingo (28) em um retorno da rodovia federal no povoado Baú 
 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) corrigiu para 7 o número de vítimas fatais no grave acidente ocorrido no km 75 da BR-226, em um retorno no povoado Baú, município de Caxias, na tarde desse domingo (28). A informação inicial da PRF dava conta de 8 o numero de mortos.
A van se deslocava do município de Mirador para a cidade de Timon. De acordo com a PRF, a manobra errada foi do condutor do veículo, que cruzou a pista sem respeitar a preferencial do motorista da carreta, que acionou o freio, mas não evitou a colisão. A força do impacto provocou a morte de 7 pessoas no local e deixou mais 4 feridos em estado grave. 
Além da PRF, SAMU e Corpo de Bombeiros estiveram no local fazendo o atendimento das vítimas. O condutor da van não teve ferimentos graves e fugiu do local.
Portal Noca 

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), com apoio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) e da Polícia Civil do Estado do Maranhão, realizaram na manhã desta segunda-feira, 29, uma operação conjunta para cumprir doze mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos documentos, computadores, telefones celulares.

A ação aconteceu simultaneamente nas cidades de Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Pirapemas, Bacabal e São Luís. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal do Termo Judiciário de São Luís da Comarca da Ilha, em atendimento ao pedido do Ministério Público.

O Procedimento Investigatório Criminal apurou que o Município de Itapecuru-Mirim realizou procedimentos licitatórios irregulares para a contratação de serviços de montagem e desmontagem de estrutura, iluminação de palco, gerador e contratação de bandas musicais para as festividades do Carnaval do ano de 2016. A licitação teria sido feita para beneficiar a empresa Jaime R. da Costa – ME. As ilegalidades foram cometidas na gestão do ex-prefeito Magno Rogério Siqueira Amorim.

IRREGULARIDADES

As investigações apuraram que o Pregão Presencial nº 021/2016, realizado pelo município de Itapecuru-Mirim foi conduzido em desacordo com o que regem o Decreto Federal nº 3.555/00, a Lei Federal nº 10.520/2002 e a Lei Federal nº 8.666/93.

Foram identificadas a inexistência de comprovantes de publicação do aviso de licitação, do comprovante de publicação do resultado do pregão e dos comprovantes de publicação do extrato do contrato, evidenciando o direcionamento do processo licitatório para que a empresa fosse vencedora.

Foi constatado, ainda, que os serviços foram executados pela empresa M. Peixoto de Alencar, embora a empresa a empresa Jaime R. da Costa tenha sido contratada pelo Município. O ex-gestor contratou diretamente a empresa M. Peixoto de Alencar pelo valor de R$ 60 mil. Mas o valor do contrato licitado era de R$ 1.408.300,00.

O blog do Maciel Silva, publicou o desparecimento de Francisco, também conhecido como Biroi, ontem (28), ás 18h:30min, a família comunicou o titular do blog que ele foi encontrado na cidade de Codó-MA, por voltas das 22h de domingo, 28 de abril.

De acordo com informações dos familiares, o jovem está muito bem de saúde.

Um jovem, de 16 anos, desapareceu  por volta das 16h de  sábado (27) em Peritoró, identificado como Francisco, também conhecido como Biroi. 

Desaparecido

Quem tiver qualquer informação entre em contato através dos números ; 99991381896 e 99991787968

1 2 3 11