Monthly Archives: julho, 2019

A agência do Banco do Brasil de Esperantinópolis foi atacada na madrugada desta quarta-feira (31) por um bando criminoso. De acordo com policiais militares da cidade, os assaltantes destruíram a agência e ainda atingiram a tiros o prédio da companhia da PM e a viatura da polícia que serve o município.

Os assaltantes chegaram em pelo menos três carros, com no mínimo 5 bandidos em cada um. Dois veículos ficaram na frente da agência, onde acontecia o roubo, e o terceiro carro ficou em frente ao pelotão da Polícia Militar.

Os assaltantes entraram na agência e explodiram os caixas eletrônicos, deixando o banco totalmente destruído. O restante dos bandidos alvejaram uma das viaturas da polícia com muitos tiros.

De acordo com os policiais, os bandidos que estavam atirando na viatura e no pelotão gritavam as seguintes frases: “PM fiquem quietos, não queremos nada com vocês, queremos apenas o dinheiro do Estado”.

Nenhum suspeito foi preso até o momento. O Centro Tática Aéreo (CTA) é esperado na região para dar suporte às buscas nesta quarta-feira por meio de helicóptero.




















Do blog do Carlos Barroso

Atendendo as determinações da Política Nacional de Humanização (PNH), em consonância com a diretriz de Ambiência, que consiste em criar espaços saudáveis, acolhedores e confortáveis, que respeitem a privacidade, propiciem mudanças no processo de trabalho e sejam lugares de encontro entre as pessoas; o Hospital Geral de Peritoró, realizou no dia 30 de julho, às 10h00 a inauguração do setor de pediatria da unidade.

Diretores, médicos e médicas

Através de uma rede de apoio composta por diretores, médicos, supervisão administrativa, equipe de enfermagem e demais funcionários, foi possível a adaptação e reforma do setor de pediatria, trazendo uma nova perspectiva no tratamento dos pacientes pediátricos pautado na humanização em consonância com os princípios dessa política.

Nas palavras do Diretor Clínico, Ernani Sousa Castro, o Hospital Geral de Peritoró se destaca no atendimento pediátrico das crianças da região, atendendo uma grande demanda dos municípios vizinhos e da cidade em que se encontra situado. O momento de reforma e inauguração do setor se consolida como a realização de um sonho, trazendo muita alegria a todos os envolvidos.

De acordo com a Diretora Geral, Alayna Rocha, a concretização desse sonho sem dúvidas contribuirá no bom andamento do tratamento dos pacientes pediátricos, repercutindo no tempo de internação e melhora dos mecanismos de enfrentamento da doença pela criança; sendo extremamente gratificante proporcionar as crianças internadas a redução do seu sofrimento através do recurso da ludicidade.  

Otacílio Tavares, Diretor Administrativo, reitera a importância de ações dessa forma e a parceria com toda a equipe, onde o setor inaugurado traz inovação e pioneirismo, pautado no desejo de mudar, a ideia se concretizou através de esforços conjuntos que se deu pelo comprometimento de toda a equipe.

Na reforma e adequação do setor de pediatria a ambiência, diretriz da Política Nacional de Humanização, traz desenhos temáticos nas enfermarias e setor de convivência das crianças, com cores vivas e alegres de personagens conhecidos. Foram ainda adquiridos brinquedos através de doações realizadas pelos colaboradores do Hospital Geral de Peritoró, que abraçaram a causa e contribuíram para melhoria do setor.

A reforma segue em andamento, no Consultório de Atendimento Pediátrico do Ambulatório.

Fotos abaixo.

Alayna Rocha, diretora geral, Otacílio Fernandes, diretor administrativo e Dra.  Helma Maciel, médica pediátrica

Alayna Rocha, diretora geral, Otacílio Fernandes, diretor administrativo e Dra.  Helma Maciel, médica pediátrica, Ernani Sousa Castro, diretor clínico, Dr. Leonildo, Dra. Joana e Dr. Rubens

Já passavam das 14h:30min,  da tarde de segunda-feira(29) quando um grave acidente ocorreu envolvendo 3 carros: 2 veículos de passeio e um caminhão, na altura do km 337 da BR 135 nas proximidades da cidade de Presidente Dutra. Segundo informações da PM(policia militar) que atendeu a ocorrência o veículo volksvagem modelo saveiro rodou na pista e colidiu com um veículo fiat modelo pálio e ainda em um caminhão que viajava em sentido crescente da via resultando na morte do único ocupante da pick-up saveiro o senhor Antonio Eloi da Silva de 78 anos que ainda ficou preso nas ferragens. Duas pessoas que estavam no pálio ficaram feridas e foram socorridas pelo SAMU com aparente estado grave além de fraturas nas pernas. Já o motorista do caminhão não sofreu ferimento. Segundo levantamento feito por por partes da guarnição da PM os pneus careca da saveiro pode ter sido o grande vilão neste acidente trágico.

Do Ronaldo Vieira

A medida foi tomada pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto.
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária para o mês de agosto será a vermelha, no patamar 1, onde há uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho, a cobrança foi da bandeira tarifária amarela, quando há um acréscimo de para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos.
De acordo com a agência, a medida foi tomada pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão, a diminuição do volume de chuvas, com a chegada da estação seca.
“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios”, disse a Aneel.
De acordo com a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.
O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).
No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. A bandeira amarela passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos, a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2 passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos.
A bandeira verde não tem cobrança extra.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

Fonte: O Imparcial

O jurista Miguel Reale Jr., um dos signatários do pedido que resultou no impeachment da hoje ex-presidente Dilma Roussef, foi duríssimo ao avaliar as declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante esta segunda-feira (29) de que sabia como morreu Fernando Augusto Santa Cruz de Oliveira, pai do atual presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e desaparecido durante a ditadura militar, em fevereiro de 1974.

Cobrado para revelar o que disse saber sobre o paradeiro do militante, Bolsonaro sustentou – sem oferecer qualquer prova ou mesmo indício – que não haviam sido os militares os assassinos de Santa Cruz, mas os próprios companheiros do jovem no grupo Ação Popular Marxista-Leninista.

“É um fato gravíssimo”, avaliou Reale Jr. durante o programa “Esfera Pública”, da Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul. “Estamos realmente num quadro de insanidade, das mais absolutas. Não é mais caso de impeachment, mas caso de interdição.”

“Eu, há mais de ano, dizia que quem fosse democrata não deveria votar em Bolsonaro”, afirmou Reale Jr., fazendo questão de recordar o discuso feito por Bolsonaro, como deputado, na votação do impeachment de Dilma, no qual homenageou o coronel Carlos Brilhante Ustra, reconhecido pela Justiça brasileira como torturador durante a ditadura militar.

“Hoje o presidente da República se sentiu no direito de ofender a todos nós, não só os advogados, mas todos que prezam pelos direitos humanos, provocando o presidente da OAB”, completou.

Fonte – Metróples

Nas primeiras horas da manhã de hoje (29), uma dupla de assaltantes rendeu os funcionários da Farmácia Santa Rita, no centro de Trizidela do Vale.


Segundo o comunicado da Polícia de Trizidela do Vale, os dois meliantes, vestidos com camisas semelhantes a de mototaxistas irregulares, estavam em frente à farmácia aguardando a chegada das vítimas. No momento em que elas abriram a porta lateral, que dá acesso ao estabelecimento, a dupla anunciou o assalto e obrigou uma das funcionárias a se dirigir aos fundos da loja enquanto o comparsa exigiu que a outra entregasse o dinheiro do caixa.

As vítimas relataram que eles estavam com armas escondidas embaixo das camisas. Para não levantar suspeitas, os meliantes exigiram que uma das funcionárias atendesse normalmente os clientes no momento da ação.

Depois de praticarem o crime, os assaltantes se evadiram do local numa motocicleta Bros, de cor laranja, tomando rumo ignorado. A Polícia Civil está investigando o caso.

Serão sepultados nesta segunda-feira (29), na cidade de Alto Alegre do Maranhão, a 205 km de São Luís, os corpos de Francisca Barros Tavares, 59, da filha dela, Ruth Barros Tavares, 27, e das suas netas Milena Barros Tavares, de apenas 8 anos e Jasmim Barros Tavares, 12, que foram encontrados mortos dentro de uma residência na última sexta-feira (26) em Silvanópolis, no estado do Tocantins.

Corpos de Francisca Barros Tavares, Ruth Barros Tavares, Milena Barros Tavares e de Jasmim Barros Tavares

Os corpos que chegaram por volta das 23h11min na cidade e que vieram do estado do Tocantins, onde ocorreram os crimes, estão sendo velados na Rua Santo Antônio, no bairro Santo Antônio, em Alto Alegre do Maranhão.

A tragédia surpreendeu a todos em Alto Alegre do Maranhão. Maria Raimunda Barros, irmã de Francisca Barros, lamentou ter perdido parte de sua família em Silvanópolis, no Tocantins. “É muito difícil perder a irmã, sobrinha. Eu não esperava”, desabafou.

O caso continua cercado de dúvidas, mas a polícia do Tocantins suspeita que Livingstone Pereira, de 65 anos, tenha matado a esposa, de quem ele estava separado há 11 anos, a filha dele, Ruth Barros, e as duas netas dele, e logo depois tenha se suicidado.

Maria do Rosário Barros Costa, que também é irmã de Francisca Barros, disse que antes dos corpos terem sindo encontrados, os vizinhos das vítimas ouviram uma discussão e logo após os disparos de arma de fogo.

“A gente não tem novidade nenhuma. A minha sobrinha que mora lá em Palmas falou só que já foi lá na casa pegar algumas coisinhas dela, mas que ninguém sabe explicar nada sobre o que aconteceu. Ela falou só que os vizinhos falaram que ouviram uma discussão e ouviram os tiros umas 21h, mas não tiveram coragem de comunicar com a polícia. Só avisaram a polícia no outro dia, na sexta-feira”, finalizou Maria do Rosário Barros Costa.

Os corpos de Francisca Barros Tavares, Ruth Barros Tavares, Milena Barros Tavares e de Jasmim Barros Tavares serão sepultados até às 8h desta segunda no Cemitério Central de Alto Alegre do Maranhão.

Residência onde a família de maranhenses foi encontrada morta em Silvanópolis no Tocantins — Foto: Reprodução/TV Mirante

Fonte: G1 MA

Acidente foi registrado no fim da tarde de sábado (27), entre os municípios de Pindaré-Mirim e Santa Inês. Segundo a PRF. o motorista que causou acidente, identificado como o advogado Paulo Vitor da Sousa Silva, apresentava sinais de embriaguez.
A Polícia Rodoviária Federal (PPR) informou que duas pessoas morreram em um acidente registrado no fim da tarde de sábado (27) na MA-320 entre os municípios de Pindaré-Mirim e Santa Inês. O acidente envolveu dois veículos, uma camionete Toyota Hilxu e um Chevrolet Celta, de placas NNE-1022, que ficou totalmente destruído no acidente.
De acordo com a a PRF, José Anchieta Pereira, de 72 anos e a esposa identificada como Margarete, estavam entrando no condomínio onde moravam em Pindaré-Mirim, quando foram atingidos pela Hilux. Testemunhas afirmam que o veículo estava em alta velocidade.
A Hilux capotou por diversas vezes por conta do impacto do acidente. Segundo a polícia, o motorista da Hilux identificado como o advogado Paulo Vitor da Sousa Silva, apresentava sinais de embriaguez. Ele foi preso pela Polícia Militar ainda no local do acidente.
O casal não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente. Uma equipe do Corpo de Bombeiros precisou serrar algumas partes do carro para conseguir tirar o corpo das vítimas das ferragens do Chevrolet Celta , que pertencia ao casal.

 

Após receber denúncia, a 15º Companhia Independente de Bombeiros Militar realizou uma vistoria no prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Coroatá e decidiu interditar o prédio imediatamente com base em algumas irregularidades constatadas. Entre elas:

  • 01 – Nível de estruturas das vigas e colunas apresentam fissuras e desplacamento horizontal e vertical, além de grande quantidade de infiltração. Risco considerado alto.
  • 02 – Fiação elétrica antiga, presença de sinais de curto circuito, presença de proximidade das infiltrações.
  • 03 – Almoxarifatos contem grande presença de umidade nas paredes, com desplacamento das mesmas.
  • 04 – Forro e assoalhos soltos, sem manutenção.
  • 05 – Sistema de hidrantes desativado e mangueiras ressecadas.

Vale lembrar que o prédio do INSS de Coroatá foi construído em 1977 e há quase 30 anos não recebeu nenhuma reforma.

Ainda não se sabe como os trabalhos continuarão já que a liberação do prédio depende de uma reforma para pôr fim às irregularidades apresentadas.

1 2 3 15