Connect with us
Hora

Polícia

Depois de marcar encontro, homem mata a ex-mulher com 15 facadas no interior do Maranhão

Crime de feminicídio tem crescido bastante nestes últimos oito meses e cinco dias no Maranhão, ao ponto de ultrapassar a 6o casos neste ano. Ontem, mais uma mulher foi morta pela ex-companheiro, sendo desta vez em Barra do Corda.

Publicado

em

Crime de feminicídio tem crescido bastante nestes últimos oito meses e cinco dias no Maranhão, ao ponto de ultrapassar a 6o casos neste ano. Ontem, mais uma mulher foi morta pela ex-companheiro, sendo desta vez em Barra do Corda.

O crime aconteceu no povoado São José do Mearim na noite de sábado (05), com requintes de perversidade. O homem conhecido como Agenor vinha insistindo em reatar o casamento, mas a mulher Jú não aceitava mais.

Eles marcaram um encontro e diante da recusa, o homem matou a ex-companheira com 15 facadas e fugiu.Confira abaixo a foto dos dois que foi publicada hoje, domingo, (06) no site Minuto Barra.

Crimes

EM PERITORÓ-MA, HOMEM É MORTO COM TIRO NA CABEÇA

Arineu estava no chão do quintal próximo a porta dos fundos com a cabeça toda ensanguentada.

Publicado

em

Por

Na madrugada desta quinta-feira, 7 de outubro, na rua travessa da Palha do bairro de Independência, do município de Peritoró-MA,  Arineu Ferreira Rocha, de 28 anos de idade,  foi morto com tiro na cabeça no quintal de sua casa.

Após ouvir o disparo, a mãe de Arineu, foi até a casa  dele,  Arineu estava no chão do quintal próximo a porta dos fundos com a cabeça toda ensanguentada.

A Polícia Militar foi informada do caso, foi até o local e isolou a área do crime e passou o ocorrido para a Polícia Civil.

Até o fechamento desta matéria não sabe-se o motivo, assim como também o autor do crime.

Continuar Lendo

Polícia

Homem é preso em flagrante após esfaquear ex-companheira em Itapecuru

Foi preso em flagrante na última quinta-feira (30) após esfaquear a sua ex-companheira na região das costas na cidade de Itapecuru Mirim.

Publicado

em

Por

Um homem de 27 anos, que não teve a sua identidade revelada, foi preso em flagrante na última quinta-feira (30) após esfaquear a sua ex-companheira na região das costas na cidade de Itapecuru Mirim.

Segundo informações da Polícia Civil, a agressão aconteceu na noite de quarta-feira (29) e a motivação seria pelo fato do agressor não se conformar com o fim do relacionamento.

Após tomar conhecimento sobre o caso, uma da Polícia Civil saiu em diligência e conseguiu prender o homem, que foi atuado pelo crime de lesão corporal grave no contexto de violência doméstica e familiar.

Após os trâmites legais, o homem foi encaminhado para o sistema prisional, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

Continuar Lendo

Polícia

Casal é preso após espancar menino e gravar vídeo dele ensanguentado

As imagens são extremamente fortes. A criança aparece com o nariz sangrando e chora muito, enquanto o pai a obriga a tirar as calças.

Publicado

em

Por

Um casal foi preso em Ponta Porã (MS), na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, acusado de torturar uma criança. O menino foi agredido pelos pais e depois ainda foi filmado. As imagens são extremamente fortes. A criança aparece com o nariz sangrando e chora muito, enquanto o pai a obriga a tirar as calças.
O Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram até a residência do casal, no sábado (26). No primeiro momento, o pai não foi localizado porém, as buscas seguiram e a PM retornou ao local. Foi quando a mãe acabou presa. Ela resistiu a abordagem e teve que ser algemada, já o pai foi detido nas proximidades de Sanga Puitã.
Conforme a delegada responsável pelo caso, Analu Ferraz, da 1ª DP (Delegacia de Polícia) de Ponta Porã, “o Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados para atender uma denúncia de que crianças estavam na rua e, supostamente, após essas reclamações, o pai teria agredido o filho”, disse.
O homem vai responder pelos crimes de tortura, lesão corporal e expor crianças a situação constrangedora e vexatória. Ele foi solto por uma liminar na justiça, nesta segunda-feira (27).
O casal possui outros filhos e as crianças seguem sob a guarda de parentes. Conforme o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) é proibido a exposição excessiva de menores de idade em sites, grupos de mensagens, redes sociais. Existem leis que defendem e regulamentam finalidade com que são usadas fotos, vídeos e outros materiais. Quem compartilha esse tipo de conteúdo comete um crime.
O vídeo não será divulgado conforme determinação do ECA para preservar a criança.
Continuar Lendo

Destaques da Semana