Connect with us
Hora

Polícia

Depois de marcar encontro, homem mata a ex-mulher com 15 facadas no interior do Maranhão

Crime de feminicídio tem crescido bastante nestes últimos oito meses e cinco dias no Maranhão, ao ponto de ultrapassar a 6o casos neste ano. Ontem, mais uma mulher foi morta pela ex-companheiro, sendo desta vez em Barra do Corda.

Publicado

em

Crime de feminicídio tem crescido bastante nestes últimos oito meses e cinco dias no Maranhão, ao ponto de ultrapassar a 6o casos neste ano. Ontem, mais uma mulher foi morta pela ex-companheiro, sendo desta vez em Barra do Corda.

O crime aconteceu no povoado São José do Mearim na noite de sábado (05), com requintes de perversidade. O homem conhecido como Agenor vinha insistindo em reatar o casamento, mas a mulher Jú não aceitava mais.

Eles marcaram um encontro e diante da recusa, o homem matou a ex-companheira com 15 facadas e fugiu.Confira abaixo a foto dos dois que foi publicada hoje, domingo, (06) no site Minuto Barra.

Polícia

PF combate tráfico de pessoas; 28 maranhenses eram escravizados em Santa Catarina

A Polícia Federal no Estado do Maranhão, em cooperação com a Delegacia de Polícia Federal em Lages/SC, deflagra na manhã de sexta- feira (07) a operação “FINITA SERVUS”,

Publicado

em

Por

A Polícia Federal no Estado do Maranhão, em cooperação com a Delegacia de Polícia Federal em Lages/SC, deflagra na manhã de sexta- feira (07) a operação “FINITA SERVUS”, em combate ao tráfico de pessoas e a consequente submissão destas a condição análoga à de escravo, com o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal após representação da autoridade policial, sendo dois no município de Santa Inês, um em Centro Novo do Maranhão, e dois em São Joaquim, Santa Catarina.

Foto Reprodução: PF

Foto Reprodução: PF

Trata-se da investigação do tráfico de pessoas em que trabalhadores oriundos do Estado do Maranhão são aliciados, mediante fraude e abuso da condição de vulnerabilidade das vítimas, com a promessa de trabalho, alojamento e alimentação pagos pela empresa contratante, e levados ao Estado de Santa Catarina. Ao chegarem no destino, descobrem que foram enganados, sendo ainda obrigados a residir em alojamentos abarrotados, sem condições mínimas de viver com dignidade, bem como, têm parte de seu salário e documentos retidos pelos empregadores com a justificativa de pagamento pelas despesas do período, caracterizando, assim, a tráfico de pessoas com a elementar de redução a condição análoga à de escravo.

Ao todo, 28 trabalhadores foram alvo do crime e conseguiram deixar o local onde viviam como escravos em Santa Catarina e retornaram ao Maranhão.

eram escravizados em Santa Catarina

eram escravizados em Santa Catarina

Os investigados poderão responder por crimes de reduzir alguém a condição análoga à de escravo (Art. 149 do CPB) e de tráfico de pessoas (Art. 149-A, II do CPB), dentre outros, podendo as penas somadas chegarem a 16 anos de reclusão e multa.

PF

PF

A operação foi denominada FINITA SERVUS, termo oriundo do Latim utilizado no Império Romano indicando o fim da escravidão.

Continuar Lendo

Polícia

TIO E AVÓ SÃO PRESOS ACUSADOS DE ESTUPRAR MENOR DE 13 ANOS DE IDADE

O homem que é tio e a mulher a avó da vítima, foram presos na cidade de Pinheiro, em meio a um mandado de prisão preventiva pelo crime cometido contra uma menor de 13 anos de idade,

Publicado

em

Por

Uma ação da Polícia Civil do Maranhão realizada na última quarta-feira (5), resultou na prisão de um homem e de uma mulher suspeitos pelo crime de estupro de vulnerável no bairro São Mateus, em Pinheiro. O homem que é tio e a mulher a avó da vítima, foram presos em meio a um mandado de prisão preventiva pelo crime cometido contra uma menor de 13 anos de idade.
A delegada Bruna Guimarães informou que o investigado que é casado com a tia da vítima, a forçava a manter com ele relações sexuais desde os sete anos de idade. Os fatos eram de conhecimento da mãe e da avó da vítima, sendo que esta última, no ano de 2019, presenciou um dos episódios em que o autor mantinha relações sexuais com a vítima.
Segundo a delegada, foi o pai da vítima que descobriu o crime após encontrar vídeos pornográficos que o autor enviava pra vítima, além de mensagens nas quais a vítima relatava para uma prima que estava sendo forçada a manter relações sexuais com o tio desde os sete anos de idade.
O caso foi coordenado pela Delegacia Especial da Mulher de Pinheiro e após a adoção das providências cabíveis, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional de Pinheiro, onde permanecerá à disposição da Justiça. A mãe não foi presa, pois segundo a Polícia Civil não há elementos suficientes nos autos da participação dela.
Continuar Lendo

Polícia

No Maranhão, vice-prefeito descumpre sentença, não paga pensão alimentícia e pode ser preso

vice-prefeito na cidade de Axixá, está há quatro meses sem pagar a pensão alimentícia determinada pela 3ª Vara da Família de Ceilândia

Publicado

em

Por

Pai de três filhas, Leandro Marques Pestana, mais conhecido como Léo de Ruy Vaz, vice-prefeito na cidade de Axixá, está há quatro meses sem pagar a pensão alimentícia determinada pela 3ª Vara da Família de Ceilândia.

Léo de Ruy Vaz, vice-prefeito

A denúncia que chegou ao Blog do Luís Cardoso na manhã desta quarta-feira, 21 de abril,  é de que o gestor público não está cumprindo a medida judicial o que significa que ele pode acabar sendo preso a qualquer momento em decorrência da inadimplência.

Vale ressaltar que a prisão, no caso civil, pode forçá-lo ‘voluntariamente’ a pagar o que deve. Caso contrário, vai parar atrás das grades.

Continuar Lendo

Destaques da Semana