Connect with us
Hora

Educação

Artigo: Presentes da Escola Digna

Em 15 de julho, a primeira unidade do Programa Escola Digna completou cinco anos.

Publicado

em

Em 15 de julho, a primeira unidade do Programa Escola Digna completou cinco anos. Ainda posso sentir a mesma emoção que experimentei naquela manhã no povoado Muriçoca, em Fortaleza dos Nogueiras, no sul do Maranhão, quando, ao lado do governador Flávio Dino, descerramos a placa de inauguração da Unidade Escolar Pedro Álvares Cabral. Ali, tive a convicção de que haveria um caminho desafiador a ser percorrido, porém marcado por profundas transformações de vidas, pela Educação.
Nessa data, celebramos, com as famílias maranhenses, 1.358 equipamentos, entre construções, reformas e requalificações de espaços educacionais, espalhados por todo o território maranhense. Graças à determinação política do nosso governador, o Escola Digna chega à posição de destaque, como o maior programa de investimentos educacionais da história do Maranhão e, quiçá, do Brasil. Tornou-se uma política de Estado pela robustez de seus resultados, que vão além da melhoria da estrutura física escolar, pois alcançam gente – crianças, adolescentes, jovens, pais e profissionais da educação, que tiveram suas trajetórias mudadas com dignidade e justiça social.
Semanalmente, percorremos o Maranhão, levando novas ordens de serviço, vistoria de obras, inaugurações de escolas e equipamentos que realizam sonhos de gerações passadas e atuais e representam conquistas aguardadas, por anos, em diversas comunidades. São histórias fascinantes de quem doou o terreno para a construção da escola, pais pedreiros, que almejavam ver seus filhos em espaços adequados e tantas outras.
Contudo, na semana de aniversário da primeira Escola Digna, sublinho os presentes do governo Flávio Dino, no âmbito da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), à comunidade escolar maranhense, que vão desde investimentos em aprendizagem, qualificação profissional, mais educação em tempo integral e, notadamente, mais escolas dignas.
Iniciamos, na segunda-feira (12), a quarta edição do “Terceirão Não Tira Férias – e fica em casa aprendendo”, para fortalecer a aprendizagem dos estudantes maranhenses para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e vestibulares. Neste ano, a novidade é a transmissão pela TV Educação – Caminho para o Saber, e pela Plataforma Gonçalves Dias, ao vivo, para atender os municípios aonde o sinal da TV não chega. Na programação, aulas e resolução de questões, lives temáticas aos sábados com professores e interação dos estudantes, por meio de aplicativo de mensagens. E um simulado online, no final, para que o estudante possa avaliar seus conhecimentos.
Seguindo a determinação do governador Flávio Dino, lançamos o Programa Mais Integral, para apoio técnico-financeiro a municípios, com foco na implantação de escolas em tempo integral, nas redes municipais, ação que visa promover a melhoria do fluxo escolar e a elevação dos indicadores educacionais, em todo o território maranhense. Inicialmente, o termo de cooperação foi firmado com 10 municípios da Baixada Maranhense: Cururupu, Pinheiro, Cedral, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Bequimão, Apicum-Açu, Serrano do Maranhão e Bacuri. Isso fará uma verdadeira revolução na Educação desses municípios, principalmente porque impactará diretamente na vida de crianças e adolescentes maranhenses, que terão acesso à educação em tempo integral. Nossa meta é que cada município implante, pelo menos, uma escola em tempo integral em sua rede.
Outro presente para os maranhenses foram os 167 cursos, com 6.330 vagas para a qualificação profissional de adolescentes, jovens e adultos, em 44 municípios, pelo Eixo Capacitação, do Programa Trabalho Jovem. Os cursos são articulados aos setores econômicos locais e regionais, para geração de emprego, renda e desenvolvimento econômico. Tive a alegria de estar presente nas aulas inaugurais e pude contemplar, nos alunos, sorrisos e olhares entusiasmados, cheios de expectativas com os cursos.
Também, continuamos a entrega de kits literários e pedagógicos aos municípios a fim de ajudá-los, nesse período de planejamento, para o retorno das aulas presenciais. Compreendemos que todos os estudantes, sejam da rede estadual ou redes municipais, são estudantes da rede pública maranhense. São 700 livros e mais 300 kits pedagógicos, por município. Mais de 60 já receberam e chegaremos a 100 municípios, nessa primeira fase.
Nesse aniversário da Escola Digna, assinamos Ordens de Serviço para construção de duas unidades, no município de Anapurus, que serão construídas nos povoados Sapucaí e Assentamento Morada Nova, respectivamente. Ainda na cidade, o Governo do Estado entregou à escola municipal em tempo Integral Isidoro Pires Monteles um laboratório de Ciências e Biologia e construirá uma quadra poliesportiva.
Com imensa alegria, posso afirmar que inúmeras ações da Escola Digna ocorrem em todo o Maranhão, neste momento. São mais que presentes, representam conquistas do povo maranhense que, agora, tem motivos para se orgulhar e alimentar o sonho de ver os filhos, em um futuro próximo, concretizando seus projetos de vida.

Felipe Costa Camarão
Professor
Secretário de Estado da Educação
Membro Titular do Fórum Nacional de Educação – FNE
Membro da Academia Ludovicense de Letras
Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão
17/07/2021

Educação

Felipe Camarão cumpre agenda em Parnarama e Matões

Sábado de muita alegria com ações educacionais para Parnarama e Matões.

Publicado

em

Por

Sábado de muita alegria com ações educacionais para Parnarama e Matões, Felipe Camarão percorreu as duas cidades levando muito mais melhorias para a educação.

Parnarama

“Iniciamos o dia às margens do Rio Parnaíba, para visitar o novo CE Mestre Tibério, que já está pronto e todo sinalizado para o retorno às aulas, na segunda-feira. Recebi ainda o pedido do secretário Rubens Pereira Júnior para que a escola se torne um Centro Educa Mais. Estrutura tem, agora a nossa equipe fará uma análise para transformar a escola em Tempo Integral.
No CE Cônego Jesus de M. Soares, escola que foi reformada em 2018, anunciamos à comunidade a construção da quadra poliesportiva. A escola também está totalmente sinalizada e adequada para o retorno híbrido”, disse o secretário.

Matões

“Fui à cidade cumprir a minha palavra. Há alguns anos, em visita à cidade, acompanhado do secretário e filho da terra, Rubens Pereira Júnior, falei que iríamos reformar o CE João Paulo I, a pandemia atrapalhou um pouco, mas o grande dia chegou. Hoje, assinamos as Ordens de Serviços desta escola, além do Farol do Saber e praça. Na ocasião, visitamos ainda a obra da escola de Ensino Médio em andamento”, destacou Felipe Camarão.

“Agradeço imensamente o convite do secretário e amigo Rubens Pereira Júnior e a presença de todos que estiveram conosco neste dia: deputados Rafael e Adelmo Soares, prefeito de Parnarama, Raimundo Silveira, diretor do Detran, Francisco Nagib, amigo Gabriel Tenório, vereadores e comunidades escolares.
Agora é hora de voltar para São Luís que mais tarde tem #RuaDigna para inaugurar. Avante!”, agradeceu e finalizou o secretário Felipe Camarão.

Continuar Lendo

Educação

Secretário Felipe Camarão comemora Lei que cria o Prêmio Escola Digna e a Bolsa Auxílio Educacional

No Maranhão, todo dia é dia de alegria com a educação!
Hoje o governador Flávio Dino sancionou a Lei que institui o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, que integram o programa Escola Digna e estabelecem mecanismos de incentivos à melhoria dos indicadores educacionais no Estado.

Publicado

em

Por

Estimular os indicadores educacionais do Maranhão concedendo prêmios a escolas e auxílio em dinheiro a educadores. Foi com esse objetivo que o governador Flávio Dino sancionou nesta quinta-feira (29), no Palácio dos Leões, em São Luís, a Lei que oficializa o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, iniciativas que integram o programa Escola Digna, macropolítica estadual de educação.

Tanto o Prêmio Escola Digna quanto o Bolsa Auxílio Educacional são frutos do Projeto de Lei nº 319/2021, de autoria do Poder Executivo Estadual, aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), no último dia 13 de julho.

Prêmio Escola Digna tem por finalidade condecorar as escolas públicas que tenham obtido, no ano anterior ao da concessão, os melhores resultados de aprendizagem. A estratégia estabelece mecanismos de incentivos para melhoria dos indicadores, a partir da distribuição de recursos, a título de premiação ou contribuição financeira, tendo como base os resultados obtidos nas avaliações do Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (Seama), o exame é aplicado anualmente, de forma censitária, com os estudantes do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. As escolas premiadas recebem um auxílio financeiro de R$ 40 mil a R$ 60 mil, definidos conforme o número de estudantes avaliados.

Já o Bolsa Auxílio Educacional concederá auxílio mensal de R$ 600,00 a R$ 4.500,00 ao profissional da educação ao profissional da educação, servidor público ou não que, em decorrência do desenvolvimento de atividade formativa ou realização de pesquisa no ensino básico, participe em caráter eventual, de processo de formação, avaliação educacional, acompanhamento técnico pedagógico ou gestão de programas ou ações desenvolvidas com vistas à melhoria dos indicadores educacionais desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em regime de colaboração com os municípios.

O Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional têm como parceiros empresas da iniciativa privada que abraçaram a causa em prol da melhoria educacional no Maranhão. As iniciativas recebem o apoio da Associação Bem Comum, Fundação Vale, Fundação Lemann e do Instituto Natura.

“No Maranhão, todo dia é dia de alegria com a educação!
Hoje o governador Flávio Dino sancionou a Lei que institui o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, que integram o programa Escola Digna e estabelecem mecanismos de incentivos à melhoria dos indicadores educacionais no Estado. Mais uma importante ação do Governo do Maranhão que investe e está sempre em busca de meios para melhorar a qualidade educacional em todo Maranhão. Avante!”, disse o secretário Felipe Camarão.

Estímulo no retorno à sala de aula

Para o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a sanção da Lei chega no momento certo para estimular gestores, professores e alunos que se preparam para retomar as aulas presenciais no próximo dia 2 de agosto.

“O objetivo é a melhoria dos índices educacionais. Alfabetizar na idade certa, garantir aprendizagem adequada aos nossos estudantes. O melhor momento para fazer isso é no momento do retorno. É hora de voltar, fazer um retorno seguro. Com a sanção dessa Lei, nós teremos também esse estímulo para que os estudantes possam retornar às escolas e os professores possam ministrar bem suas aulas”, enfatizou o secretário.

Com informações Seduc

Continuar Lendo

Educação

PROJETO PILOTO: Laboratório de Informática Móvel

Os chromebooks auxiliarão na prática pedagógica e, após o uso, a gestão escolar o guarda, pois não precisa de um espaço específico para sua utilização.

Publicado

em

Por

O secretário de Estado da Educação Felipe Camarão, fala da gestão da educação que passará por uma nova experiência, a tecnologia nas escolas.

“Testaremos uma nova experiência em nossas escolas, a começar pelo Iema Integral Bilíngue. No dia 02 de agosto, as crianças terão um laboratório de informática móvel para usar na sala de aula ou em qualquer ambiente escolar. Os chromebooks auxiliarão na prática pedagógica e, após o uso, a gestão escolar o guarda, pois não precisa de um espaço específico para sua utilização. Uma das vantagens também é o PREÇO. O laboratório móvel custa cerca de 30% do total de um laboratório fixo.


Dando certo, ampliaremos a oferta para outras escolas. Avante!”, disse o secretário.

Continuar Lendo

Destaques da Semana