Browsing: Mundo

Homem que estava no banco da frente e filmava o passeio também morreu. Tia do menino, que está grávida, foi a única sobrevivente de ataque a tiros em Chicago

Um menino e um homem foram mortos a tiros quando passeavam de carro na terça-feira, dia de São Valentim, nos Estados Unidos, em um ataque que foi flagrado ao vivo por um vídeo transmitido no Facebook.

A polícia informou na quarta-feira (15) que continua procurando o suposto autor dos disparos que aterrorizaram Chicago, cidade do norte do país castigada por uma onda de violência condenada pelo presidente Donald Trump.

O menino de dois anos, identificado como Lavontay White, levou um tiro na cabeça e morreu no hospital.

As autoridades explicaram que um indivíduo começou a atirar contra um carro: a criança estava na parte de trás e sua tia de 20 anos e um homem de 26, que também morreu, na parte da frente.

Os oficiais não divulgaram os nomes do casal, que estava gravando seu passeio ao vivo no Facebook quando os disparos começaram a ser ouvidos.
Segundo as autoridades, o homem era o objetivo do ataque.

A mulher, que segundo os informes estava grávida, foi ferida no estômago e sobreviveu.

“Isso tem que parar em algum lado”, disse na terça-feira aos meios de comunicação Eddie Johnson, chefe da polícia, sobre a violência que assola Chicago.
“Nossos filhos não deveriam estar pagando o preço da nossa incapacidade para tornar responsáveis os delinquentes de seus atos”, disse Johnson.
“Estou enojado por isso e sei que Chicago também está”, acrescentou.

Trump criticou em várias ocasiões a violência de Chicago e enviou tuítes dizendo que “enviaria agentes” se a cidade não soluciona o problema. 

Do G1

Print Friendly, PDF & Email

A mulher identificada como Kang, teria tido uma discussão com o marido, no último andar do prédio

Uma mulher que tentava se suicidar pulando do alto de um prédio em Shaanxi, na China, foi salva pelo marido, que agarrou o rabo de cavalo da esposa para evitar a queda.

De acordo com o Daily Mail, a mulher tem por volta de 30 anos e pulou do prédio de sete andares na tarde do último domingo. Segundo a publicação ela gritava “me deixem” na beira do edifício quando saltou, mas acabou agarrada nos cabelos pelo marido.

A mulher identificada como Kang, teria tido uma discussão com o marido, que a imprensa local chamou de Liu, no apartamento do casal, no último andar do prédio.

Enquanto o marido segurava os cabelos da esposa, ela se debatia e se recusava a voltar para o topo do edifício.“Quando chegamos, a mão do marido estava escorregando e segurava o fim do cabelo. Se atrasássemos alguns segundos, seria tarde demais”, disse um policial à imprensa local

FONTE: 24horasnews.

Print Friendly, PDF & Email

 

Médicos acreditam que se trata de um caso de gêmeo parasita, um problema que ocorre ainda no útero materno, durante a formação das crianças

Bebê nasce com quatro pernas e dois órgãos genitais

Narayana Health/ Divulgação

Um menino na Índia nasceu com quatro pernas e dois órgãos genitais. Apesar dos pais serem de uma área rural do País e não terem condições de bancar uma cirurgia, a criança conseguiu ser separada do que os médicos chamam gêmeo parasita.

A criança foi operada no Narayana Health, um hospital da cidade de Bengaluru e que divulgou a história nesta quinta-feira (9). O próprio centro médico bancou a cirurgia do menino , que passa bem. O procedimento para a separação durou pouco mais de três horas.

O hospital recebeu o bebê no dia 24 de janeiro, porém ele estava desidratado e muito fraco após atravessar 300 km com os pais para chegar ao centro médico. A criança também precisou receber oxigênio e ser ressuscitada. Foi necessária uma equipe multidisciplinar para tratar do caso.

Antes da separação ser feita, o bebê passou por exames para avaliar a situação dos rins, da coluna, dos pulmões e o sistema cardíaco. Foi necessário também um injetar contraste na criança para saber as veias que estavam ligadas ao irmão parasita. “Já que ele não tem seu próprio coração ou sistema de circulação, estava ‘pegando’ sangue do bebê”, explicou Dr. Sanjay Rao.

Felizmente, após a cirurgia ter sido realizada, não há mais sinais do problema. “Pode ser que ocorra algumas complicações durante o crescimento do menino, então teremos que monitorá-lo para assegurar que tudo continue bem. Entretanto, hoje, não há nada que indique que ele terá problemas”, afirmou Dr. Ashley D’Cruz, que também participou do processo.

Após a cirurgia, médicos afirmaram que não há mais sinais do gêmeo parasita no menino – confira na foto menor à direita Narayana Health/ Divulgação

 

Gêmeo parasita

Duas teoristas explicam os casos de gêmeos parasitas. Segundo os médicos do Narayana Health, uma delas diz que, durante a gravidez, um dos gêmeos não se desenvolve corretamente e acaba se unindo ao irmão, que tem todos os sistemas funcionando corretamente.

A outra afirma que o quadro ocorre por conta de um tipo avançado de tumor, que amadurece até formar partes do corpo como coluna vertebral, alguns ossos e até órgãos. No caso do menino na Índia, a primeira teoria é a mais provável.

Fonte: IG
Print Friendly, PDF & Email

A criança caiu um minuto antes de o trem partir. Tempo suficiente para o resgate

Menina chinesa cai no vão entre trem e plataforma; veja vídeo

O momento da queda na estação chinesa | Reprodução/Twitter(People’s Daily,China)

Uma câmera de segurança flagrou o momento em que uma menina de 3 anos corre distraidamente e cai no vão entre um trem e plataforma da estação da cidade de Xining (província de Qinghai), na semana passada.

A criança caiu um minuto antes de o trem partir. Tempo suficiente para o resgate. Dois passageiros desceram pelo vão e puxaram a menina, que não teve ferimentos.

“Quando o trem chega à estação, fica um espaço de 20 centímetros entre ele a plataforma, e crianças podem cair facilmente”, disse Yin Changhai, porta-voz da polícia ferroviária local, segundo a emissora estatal CCTV.

O recomendável é que os responsáveis caminhem de mãos dadas com as crianças.

Assista: 

Print Friendly, PDF & Email

Caso volta a expor situação precária dos direitos das mulheres em país asiático, que já foi até simbolizada em capa de revista

Mulher diz que foi mutilada pelo marido

Foto — BBC – Reza Gul teve o nariz cortado e espera por um tratamento especializado na Turquia (Foto: BBC) Reza Gul teve o nariz cortado e espera por um tratamento especializado na Turquia

Uma afegã de 23 anos é uma das recentes vítimas da violência doméstica no Afeganistão – ela contou como seu marido a amarrou e cortou suas orelhas.

O caso ocorreu na província da Balkh, no norte do país. Zarina foi hospitalizada e não corre mais perigo de vida, mas obviamente ficou traumatizada.

Segundo informações da agência AFP, o marido amarrou as pernas e mãos de Zarina com seu véu e usou uma faca para mutilá-la.

Ela teria sangrado a noite toda até que um vizinho a encontrasse de manhã e a levasse até seus familiares.

“Não cometi nenhum pecado. Não sei por que meu marido fez isso comigo”, disse ela.

O agressor, segundo a polícia, está foragido.

Em entrevista à agência de notícias Pajwhok, Zarina disse que o ataque ocorreu sem motivo, pouco depois de ele despertá-la subitamente. Ela se casou aos 13 anos e disse à BBC que “as relações com o marido não eram boas”.

Em outra entrevista, Zarina contou que o marido tentou impedi-la de ver os pais, e que ela não queria mais permanecer casada.

“Ele sempre foi um homem muito desconfiado e frequentemente me acusava de conversar com outros homens quando ia visitar meus pais.”

O relato de Zarina é apenas mais um caso de violência contra as mulheres no Afeganistão que veio à tona nos últimos anos.

Em janeiro de 2016, Reza Gul teve o nariz mutilado por seu marido na província de Faryab, no nordeste do país.

Outro caso famoso ocorreu em 2015, quando uma jovem, conhecida apenas como Farkhunda, foi linchada e queimada viva por uma multidão em Cabul, a capital afegã, depois de ser acusada falsamente de queimar uma cópia do Corão, o livro sagrado dos muçulmanos.

Em mais um episódio de violência, Aisha, que tinha apenas 18 anos, teve o rosto desfigurado pelo marido após tentar fugir. Ela, que depois foi capa da revista americana Time em 2010, ficou sem o nariz e as orelhas.

O Afeganistão vem tentando aprovar leis para proteger mulheres da violência doméstica.

Durante o governo do presidente Hamid Karzai (2004-2014), o Legislativo passou pacotes de medidas, mas elas nunca foram chanceladas pelo Executivo.
Em 2014, Karzai pediu mudanças na legislação que críticos disseram ser prejudiciais às vítimas.

Ashraf Ghani, o sucessor de Karzai, tampouco deu sua chancela à mais nova versão da lei, aprovada pelo parlamento no final do ano passado.
O Afeganistão frequentemente figura nos primeiros lugares nas listas de países com maior incidência de violência de gênero. 

FONTE: G1

Print Friendly, PDF & Email

 

Médico retira barata viva de dentro da cabeça de uma mulher

Foto: Reprodução

O inseto, provavelmente, entrou na cabeça da mulher pelo nariz, enquanto ela dormia.

Um médico na Índia removeu uma barata adulta de dentro da cabeça de Selvi, uma mulher de 42 anos. Ah, e só para constar: o inseto ainda estava vivo! A mulher chegou ao hospital com uma queixa de uma sensação de “formigamento” e que sentia algo “andando dentro da cabeça”.

O médico, então, encontrou a barata entre o olhos da mulher, perto do cérebro, na base do crânio. Foram 45 minutos para retirar a barata de lá e é claro que há um vídeo desse momento glorioso.

O inseto, provavelmente, entrou na cabeça da mulher pelo nariz, enquanto ela dormia. Ela sentiu algo estranho e até tentou tirar algo do nariz, mas já era tarde demais. “Eu não consigo explicar a sensação, mas eu tinha certeza que era algum inseto. Foi uma sensação de formigamento, de como se algo tivesse andando.

Cada vez que se movia, eu sentia uma queimação nos olhos. Passei a noite inteira com desconforto, sentada, esperando a hora passar para ir ao hospital!”, contou.

Segundo os médicos, a barata estava fazendo a cabeça da mulher de casa há cerca de 12 horas. Se tivesse morrido lá dentro, poderia ter causado uma infecção que se espalharia para o cérebro.

Dr. M. N. Shankar, otorrinolaringologista, disse que esse foi o primeiro caso que recebeu de uma barata viva dentro de um crânio em 30 anos de prática da medicina. A mulher passa bem.

 

 

 

FONTE: 24H NEWS

Print Friendly, PDF & Email
O homem foi medicado para contenção da infestação e passa bem.
Médicos removem verme de 2 metros pela boca de paciente Foto: Reprodução

 Médicos indianos removeram uma espécie de lombriga de cerca de 2 metros de comprimento através da boca de um paciente. O paciente de 48 anos foi submetido a uma colonoscopia depois de reclamar de dores abdominais.

Durante os exames, a equipe médica descobriu parte do verme. “A segmentação do verme indicou uma infestação no paciente”, disse o Dr. Cyriac Phillips. Logo após o homem foi submetido a uma endoscopia, e o bicho foi encontrado na porção superior do intestino.

Usando uma pinça, os médicos puxaram a solitária pela boca do paciente, que estava sedado. O verme poderia chegar a até 7 metros, mas animais de até 8 metros foram registrados. “Não sabíamos do tamanho do verme quando fomos puxar. Nunca tinha visto um grande assim”, disse o médico.

O homem foi medicado para contenção da infestação e passa bem.

Fonte: 24h News

Print Friendly, PDF & Email
A imagem compartilhada por Abra Wood no Facebook choca, já que Troy ficou completamente queimado. Entretanto, pelo texto que a irmã escreveu em sua rede social é possível perceber que a recuperação do jovem é motivo de alegria e esperança para toda a família


O inglês Troy McKinley, de 19 anos, estava dormindo quando sua casa foi tomada por um grave incêndio. O jovem precisou fugir em meio às chamas e teve 90% de seu corpo queimado . No último dia 29, 15 semanas após o acidente que quase tirou sua vida, ele pediu para a irmã compartilhar uma foto sua para provar a todos que ainda tem muito que viver.

A imagem compartilhada por Abra Wood no Facebook choca, já que Troy ficou completamente queimado. Entretanto, pelo texto que a irmã escreveu em sua rede social é possível perceber que a recuperação do jovem é motivo de alegria e esperança para toda a família.

De acordo com Abra, esta foi a primeira foto tirada de Troy após o incêndio. Hoje, o jovem não precisa ficar mais ligado a aparelhos porque seus órgãos vão, aos poucos, voltando a funcionar normalmente. Ele apenas se alimenta por cateter, mas consegue respirar sem problemas, por exemplo.

Troy também perdeu os dedos das mãos e precisará reaprender a andar, mas já está sendo acompanhado por um fisioterapeuta. “Ele está, realmente, tendo uma recuperação milagrosa. Estou tão orgulhosa dele!”

Em menos de quatro dias, a publicação na rede social conseguiu 7,8 mil curtidas, mais de 3,6 mil compartilhamentos e milhares de comentários. “Eu passei pelo mesmo que você (Abra). Minha mãe é sobrevivente de um incêndio. Muitas palavras que você escreveu me atingiram em cheio. Muito amor para o seu corajoso e incrível irmão. E amor para você”, escreveu uma internauta.

O jovem também quis que sua foto fosse compartilhada em uma forma de agradecer aos médicos e profissionais que o atenderam pelo serviço público de saúde da Inglaterra. Se antes ele tinha menos de 5% de chance de sobreviver, hoje há 99% de chance. “Ele não liga para o que as pessoas pensam, apenas quer mostrar o que os médicos e enfermeiros realmente fizeram.”

A família também criou uma página em um site de financiamento coletivo a fim de conseguir dinheiro para os gastos que tem com a internação de Troy. Após a imagem do jovem queimado ser compartilhada, muitas pessoas entraram em contato com Abra para ajudar na recuperação.

 

Fonte: 24h News

Print Friendly, PDF & Email

A britânica Naturist Cleaners oferece o serviço de diaristas vestidas somente com luvas e sapatos

Empresa oferece serviço de diaristas nuas por R$ 260 a hora

Divulgação

Os naturistas podem começar a ter o serviço de limpeza da casa no estilo de vida que escolheram, desde que estejam dispostos a pagar 65 libras (cerca de R$ 260) por hora. A empresa britânica Naturist Cleaners oferece o serviço de diaristas, que trabalham em casas particulares, vestidas somente com luvas e sapatos.

Por cada hora adicional, os clientes pagam 55 libras (cerca de R$ 220) – e eles podem estar vestidos ou não. Para quem prefere um serviço mais tradicional, a empresa também oferece o serviço de diarista convencional, ou seja, com roupas, pela metade do preço.

Laura Smith, fundadora da empresa, conta ao jornal El País que a ideia surgiu quando um cliente naturista perguntou se poderia ficar nu enquanto fazia a limpeza da casa. Após a experiência, passou a ter interesse pelo naturismo e descobriu que a comunidade é bem grande e ampla. Tanto homens como mulheres podem trabalhar como diaristas naturistas e Laura garante que não há qualquer serviço adicional além da limpeza.

“O preço é bem mais alto que o de uma limpadora convencional. Desse modo tentamos evitar que as pessoas experimentem por diversão. Queremos clientes que compreendam a ideia do naturismo. De todo modo, treinamos as diaristas para detectarem perigos quando chegam na casa, antes de ficarem nuas”, explica a fundadora, de acordo com o site Curiosamente. 

Print Friendly, PDF & Email