Connect with us
Hora

Notícia Geral

Covid-19: Ministério da Saúde prevê até 3 mil mortes diárias em março

A cúpula do Ministério da Saúde espera que o Brasil atravesse nas próximas duas semanas o pior momento da pandemia.

Publicado

em

A cúpula do Ministério da Saúde espera que o Brasil atravesse nas próximas duas semanas o pior momento da pandemia. O Valor apurou que, no entorno do ministro Eduardo Pazuello, a expectativa é que haja uma explosão de casos e mortes no período, com os óbitos ultrapassando a barreira dos 3.000 por dia.
O diagnóstico decorre de uma tempestade perfeita: o alastramento do vírus em todo o país, impulsionado pelas aglomerações no fim do ano e no Carnaval; a dificuldade da população de manter-se em isolamento social; a circulação no país de novas variantes mais contagiosas e com grande carga viral; a iminência de um colapso do sistema hospitalar em diversos Estados ao mesmo tempo; e a falta de vacinas disponíveis para imunizar os brasileiros.
As atenções da pasta estão voltadas sobretudo para a região Sul. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a ocupação de leitos de UTI tem estado próximo ou acima de 100% durante toda a semana.
Na região Norte, embora o número de casos seja menor, há preocupações quanto à pouca disponibilidade de leitos. Os alertas também já dispararam quanto à situação de Estados como Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
Na visão da equipe de Pazuello, São Paulo tem conseguido até o momento evitar o pior por possuir a maior rede hospitalar do Brasil. Principal porta de entrada do país, o Estado mais populoso da federação registrou 60 mil das cerca de 260 mil mortes pelo coronavírus em solo brasileiro. Para a equipe de Pazuello, se um colapso hospitalar ocorrer ali, os números dessa “tragédia anunciada” podem subir exponencialmente.
A cúpula da Saúde entende que não há muito no momento o que fazer, a não ser estimular a reabertura de hospitais de campanha nos Estados. O governo federal também cogita novas instalações desse tipo já nos próximos dias.
As ações de fechamento e restrições à circulação de pessoas estão nas mãos dos Estados.
O governo federal não vai decretar lockdown nacional, escorado em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e também por acreditar que as decisões devem ser tomadas levando em critérios regionais.

Notícia Geral

Homenagem do deputado Zito Rolim pelo aniversário de 125 anos de Codó

Deputado Zito Rolim parabeniza Codó pelos seus 125 anos.

Publicado

em

Por

Continuar Lendo

Notícia Geral

Cortes de energia por falta de pagamento estão suspensos até junho

A medida foi decidida pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e deve contemplar aproximadamente 12 milhões de famílias.

Publicado

em

Por

Até o dia 30 de junho, estará suspenso em todo o Brasil o corte de energia por inadimplência dos consumidores de baixa renda.
A medida foi decidida pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e deve contemplar aproximadamente 12 milhões de famílias.
Terão direito ao desconto as famílias inscritas no Cadastro Único, que tenham renda mensal menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoa ou famílias com portador de doença que precise de aparelho elétrico para o tratamento, nesse caso, que tenha renda mensal de até três salários-mínimos.
Está vedado ainda o corte de energia de unidades consumidoras com equipamentos vitais à preservação da vida e dependentes de energia elétrica, além de unidades de saúde, a exemplo de hospitais e centros de produção, armazenamento e distribuição de vacinas.
Continuar Lendo

Notícia Geral

FRANCISCO NAGIB PARABENIZA A CIDADE DE CODÓ PELOS SEUS 125 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

Nossa querida Codó completa 125 anos de história e grandes transformações.

Publicado

em

Por

Sei que no atual momento não temos muito o que comemorar, por isso, minha mensagem hoje é de esperança de dias melhores para todos os codoenses,  um povo forte, alegre, hospitaleiro e aguerrido que muito contribui para a história e crescimento desta bela cidade com a sua força de trabalho, empreendedorismo e amor à sua terra. Não posso deixar de destacar a riqueza das belezas naturais e dos monumentos, o encanto da nossa cultura local, representada pelo bumba-boi, grupos das Juninas caipiras, estilizadas e a música de nossos artistas. clique no link abaixo e veja o vídeo.
 
Sonhamos em ver a cidade sorrindo novamente, com direito a saúde, educação e mais oportunidades para todos. Juntos, já vivemos uma linda história ! Parabéns, Codó, o meu abraço carinhoso a todos vocês, codoenses!
Atenciosamente: 
Francisco Nagib,
Diretor Geral Detran (MA)
Continuar Lendo

Destaques da Semana