Connect with us
Hora

Acidentes

Duas pessoas morrem após colisão de motocicleta em mureta de concreto na BR-135

O acidente foi registrado na noite do último sábado (20).

Publicado

em

Duas pessoas morreram em um acidente registrado na noite desse sábado (20), por volta das 22h, no km 129 da BR-135, entre Matões do Norte e Miranda, a 139 km de São Luís.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas estavam viajando em uma motocicleta quando colidiram contra uma defensa lateral de concreto.

As vítimas foram identificadas como Paulo da Conceição Costa, de 25 anos, e Maria Emília da Conceição Dias, de 22 anos, ambos residentes em Miranda do Norte.

Os corpos foram encontrados próximos um ao outro. Segundo informações de moradores, os dois consumiam bebida alcoólica e saíram, sem capacetes, em direção a Matões do Norte.

A PRF ainda não concluiu as causas do acidente, mas trabalha sem descartar nenhuma hipótese para a ocorrência do acidente.

Fonte: blog do Gilberto Lima

Acidentes

Colisão envolvendo veículos deixa três pessoas mortas na BR-222

A colisão aconteceu no povoado Calango, no município de Pindaré-Mirim.

Publicado

em

Por

Uma colisão frontal entre uma motocicleta modelo Pop e um carro de passeio deixou três pessoas mortas na BR-222, no povoado Calango, no município de Pindaré-Mirim.

O trágico acidente ocorreu na madrugada deste domingo (05), quando três pessoas identificadas inicialmente como Joyce, Thaís e Darlean trafegavam em uma Pop retornando da cidade de Pindaré-Mirim para o referido povoado, local onde residem.

Os três morreram ainda no local.

Informações Francisco Vale

Continuar Lendo

Acidentes

Acidente na MA-026 entre Codó e km 17 deixa vítima fatal

O acidente aconteceu no último domingo (14).

Publicado

em

Por

Um acidente na ma-026 entre uma moto e um carro deixou uma mulher morta no local.

O mototaxista por nome de João teria estaria levando uma passageira que reside no novo milenio e estaria levando até o km 17.

A força do impacto provocou a fratura no pescoço da passageira que veio falecer no local e o mototaxista ficou gravemente ferido.

Informações Codó Notícias

Continuar Lendo

Acidentes

Avião de Marília Mendonça atingiu fios de alta tensão antes de cair

Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou a informação. Mais de 30 mil clientes tiveram o fornecimento de energia elétrica interrompido.

Publicado

em

Por

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou, na noite desta sexta-feira (5/11), que o avião que caiu com a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas, em Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, atingiu fios de alta tensão da empresa antes do acidente. Todos que estavam na aeronave morreram.
Fotos que circulam nas redes sociais mostram que fios de alta tensão foram rompidos após o acidente aéreo. Alguns cabos passam na reta da pista do Aeroporto de Ubaporanga, que atende à Caratinga. Antes de o avião cair, moradores contaram ao Estado de Minas que o equipamento começou a girar, até cair “de bico” na cachoeira.
“Primeiro, soltou uma peça do avião, que caiu próximo a casa de um morador do condomínio. Em seguida, o avião começou a girar no ar em formato de parafuso. Bateu de bico na cachoeira. Ouvi um grande estrondo”, contou o morador. Segundo ele, o barulho da queda foi “parecido com o de uma forte batida de carro”, relatou uma testemunha que mora em um conjunto de casas próximo ao local do acidente.
Notificações feitas por pilotos aos órgãos responsáveis pela aviação no Brasil falavam de um “obstáculo que violava o plano básico de zona de proteção”. Uma antena e uma torre, por exemplo, foram citadas pelos profissionais.
Uma equipe Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA 3), ligado ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), deve chegar ao local do acidente nas próximas horas para investigar as causas da queda do avião.
Trata-se de um modelo King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice e que conta com dois motores, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
Continuar Lendo

Destaques da Semana