Connect with us
Hora

Política

Governador Carlos Brandão faz resumo do primeiro mês de gestão e diz que agora não é momento de política

Na ocasião, ele também anunciou medidas que devem ser implantadas nos próximos meses e as expectativas para as eleições de outubro. “Somos um governo de continuidade e avanços”, frisou o governador.

Publicado

em

O governador do Estado, Carlos Brandão concedeu entrevista a emissora de tv local, nesta quarta-feira (11), onde pontuou ações dos primeiros 30 dias à frente do comando do Maranhão. Na ocasião, ele também anunciou medidas que devem ser implantadas nos próximos meses e as expectativas para as eleições de outubro. “Somos um governo de continuidade e avanços”, frisou o governador.

Acompanhamos a gestão Flávio Dino durante sete anos. Conhecemos todas as políticas públicas, todas as secretarias e órgãos, portanto, não houve dificuldades nesta transição. Fizemos alguns ajustes na composição de secretariado, mas, o governo segue inaugurando várias obras, programas sociais, de desenvolvimento e geração de empregos. Seguimos avançando”, frisou Brandão.

O governador pontuou que irá conduzir sua gestão com a inauguração de obras em andamento na área social, educação e saúde, entre outras, totalizado cerca de 500 a serem entregues, até final do mês de julho. “Todo governo tem uma identidade e a nossa, com certeza, são os avanços e conquistas sociais. Vamos concluir obras em andamento, impactando na geração de milhares de empregos. Estamos saindo de uma pandemia e o Maranhão teve o maior desempenho nesse combate, e, mesmo com este cenário, foi o que mais gerou empregos”, pontuou.

Na economia, Brandão anunciou alocação de recursos para o pagamento da primeira parcela do 13º, no mês de julho. Citou o planejamento para o São João do Maranhão, que também vai impactar na geração de renda, empregos, além de movimentar a economia, o turismo e o setor cultural. “O São João não é apenas festa, é um projeto de geração de emprego e renda”, apontou.

Sobre os Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), o governador pontuou alguns avanços. Entre estes, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do qual o Maranhão saiu do 22º para o 13º; na segurança alimentar, de seis Restaurantes Populares, agora são 106, alcançando todas as regiões do Maranhão; e, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Maranhão está entre os que mais gerou empregos formais durante a pandemia – cerca de 43 mil e sendo o quarto do país.

Na infraestrutura, anunciou pacote de obras, incluindo manutenções, reformas e pavimentação em estradas e vias urbanas, estas últimas, em apoio às prefeituras. Na saúde, criação de uma grande rede de hospitais e ampliação do número de UTIs de três para mais de 30 municípios. Citou também, investimentos de R$ 12 milhões na agricultura familiar para este ano, o dobro dos recursos destinados anteriormente. “Os indicadores têm o tripé na educação, saúde e renda. Neste rumo, fazemos movimentar a economia. Portanto, avançamos bastante”, avaliou.

Carlos Brandão enfatizou que esse é o momento de focar na gestão. “A política será lá para agosto, quando teremos as convenções. Agora, quero mostrar ao maranhense o meu trabalho e como vou cuidar do povo do Maranhão”, afirmou, citando a boa relação com os poderes judiciário e legislativo.

Política

Folha destaca apoio do partido de Bolsonaro a Weverton, que busca Lula

Weverton tem ainda outro bolsonarista em sua chapa. Há um entendimento com o PTB para indicar o senador Roberto Rocha, candidato à reeleição no Senado.

Publicado

em

Por

O deputado federal Josimar do Maranhãozinho, presidente do PL no Maranhão, anunciou nesta terça-feira (24) apoio ao pré-candidato ao governo e senador, Weverton Rocha (PDT). O PL é o partido do presidente Jair Bolsonaro.

O partido de Weverton Rocha, o PDT, tem como pré-candidato à Presidência da República o ex-ministro Ciro Gomes e, ainda assim, briga para ter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em seu palanque.

O PT, no entanto, priorizou um aceno ao PSB quando ainda negociava a indicação do ex-governador Geraldo Alckmin na chapa presidencial. Na época, aprovou o apoio ao governador Carlos Brandão, indicado pelo ex-governador Flávio Dino.

O anúncio foi feito em suas redes sociais. “Democraticamente houve o entendimento de que a composição seria com o grupo político do [senador] Weverton. Dessa forma, nos uniremos para a construção de um forte e sólido projeto”, escreveu.

Weverton tem ainda outro bolsonarista em sua chapa. Há um entendimento com o PTB para indicar o senador Roberto Rocha, candidato à reeleição no Senado.

Fonte: Gilberto Léda

Continuar Lendo

Política

MARRECA ROMPE COM MARANHÃOZINHO E LEVA 25% DO GRUPO

Só Júnior Marreca, leva  12 prefeitos para somar ao grupo do governador Carlos Brandão.

Publicado

em

Por

Na noite da última terça-feira, 24 de Maio, Marcos Brandão, esteve reunido com Júnior  Marreca, ex-prefeito de Itapecuru-Mirim, e com o deputado federal Marreca Filho, na pauta a política maranhense.

Júnior Marreca junto com seu filho, afirmou que vai caminhar ao lado do governador Carlos Brandão, na caminhada rumo ao Palácio dos Leões. Só Júnior Marreca, leva  12 prefeitos para somar ao grupo do governador Carlos Brandão.

Agora, Brandão fica mais forte para conseguir sua reeleição. 

Continuar Lendo

Política

Weverton Rocha disputará o Governo do Maranhão apoiado pelo partido de Bolsonaro

Com a decisão, Weverton reafirma a sua aproximação e o alinhamento com o bolsonarismo.

Publicado

em

Por

Em definitivo, o senador Weverton Rocha (PDT) receberá o apoio do partido do presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) na disputa das eleições de 2022 para o Governo do Estado do Maranhão.

O anúncio foi feito na noite de ontem (23) por meio de uma live realizada pelo presidente estadual do Partido Liberal, o deputado federal Josimar Maranhãozinho.

Com a decisão, Weverton reafirma a sua aproximação e o alinhamento com o bolsonarismo.

Fonte: Matias Marinho

Continuar Lendo

Destaques da Semana