Connect with us
Hora

Polícia

Homem mata sua mulher em São Luís, foge para Codó e recorre ao suicídio

Depois de 20 anos de casado, o casal estava separado tem uns dois meses. Como a companheira não aceitava a reconciliação, o marido a matou na madrugada de ontem, domingo (25), na estrada da Mata, em São José de Ribamar.

Publicado

em

Depois de 20 anos de casado, o casal estava separado tem uns dois meses. Como a companheira não aceitava a reconciliação, o marido a matou na madrugada de ontem, domingo (25), na estrada da Mata, em São José de Ribamar.

Depois de 20 anos de casado, o casal estava separado tem uns dois meses. Como a companheira não aceitava a reconciliação, o marido a matou na madrugada de ontem, domingo (25), na estrada da Mata, em São José de Ribamar.

Cleudilene Martins, 38 anos, vinha sendo agredida desde a separação por não aceitar voltar para Alexandre Martins Silva, 34 anos, com que tinha dois filhos, sendo um de 16 e outro de 18 anos.

Na madrugada de domingo, por volta das 1h30 ele a convidou para conhecer o lugar onde estava morando, na Mata. Cleudilene morava com os filhos no Jardim Tropical.

Na estrada da Mata, o homem usou provavelmente um pedaço de pau ou um capacete e matou a mulher para em seguida fugir com destino a Codó.

Porém, antes de chegar ao seu destino ficou sabendo que a polícia o procurava por ter sido a última pessoa vista com a mulher. Então, Alexandre parou nas margens da BR-316, nas proximidades de Caxias, adentrou a um matagal e se enforcou.

Informação do Blog do Luís Cardoso

Polícia

Dois acusados de homicídios em Pedreiras irão a júri popular na próxima semana.

Os dois réus são acusados da prática de homicídio na cidade de Pedreiras e os júris serão realizados na terça e quarta-feira (28 e 29).

Publicado

em

Por

2ª Vara da Comarca de Pedreiras, vai realizar duas sessões do Tribunal do Júri na próxima semana, sob a presidência da juíza Ana Gabriela Everton, titular da unidade judicial.

Neofran e Edmílson irão a júri pelos crimes de homicídio em Pedreiras.

Os dois réus são acusados da prática de homicídio na cidade de Pedreiras e os júris serão realizados na terça e quarta-feira (28 e 29).

No primeiro júri, o réu será Edmilson Alves Lima, acusado de ter matado a vítima Maicon Willian Conceição Alves, conhecido por “Beiju“. O crime ocorreu no dia 24 de outubro de 2019, no balneário Caema.

De acordo com o processo, o acusado estava na companhia de um menor das iniciais M.D.C.P.S., conhecido por “De Menor“, quando sem qualquer motivo aparente atirou com uma garrucha na cabeça de Maicon Willian e em seguida empreendeu fuga.

Maicon foi morto com um tiro no balneário Carma.

No outro caso, quem vai sentar no banco dos réus é Neofran da Silva e Silva. Ele é acusado de ter matado a facadas um mototaxista conhecido como “Toinho Moto Táxi“, um crime que chocou a população da cidade. 

O crime ocorreu no dia 25 de outubro no bairro Mutirão, em Pedreiras, quando a vítima chegou em casa e ali aconteceu uma discussão entre os dois, momento em que Neofran, armado com uma faca matou o mototaxista.

De acordo com as informações colhidas na época do homicídio, a discussão teria acontecido pelo fato de que a vítima registrou um boletim de ocorrência na delegacia contra o acusado, que enfurecido com a situação matou Toinho Moto Táxi.

Do Blog do Coutinho Neto.

Continuar Lendo

Polícia

Morre jovem baleado em frente ao Hospital Municipal de Vargem Grande

A vítima tinha passagens pela polícia, por envolvimento em assaltos, segundo informou o delegado Bruno Sobreira.

Publicado

em

Por

O jovem Erick Silva Araújo, de 17 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da capital São Luís. O rapaz foi alvejado por vários disparos de arma de fogo na manhã desta quarta-feira (22) na frente do Hospital Municipal de Vargem Grande. 

Erick estava aguardando o nascimento da filha quando foi surpreendido pelo autor dos disparos. O rapaz foi socorrido e encaminhado para São Luís em estado grave, porém não resistiu.

Segundo o delegado Bruno Sobreira, a vítima possui passagens pela polícia, por envolvimento em assaltos a moto. O delegado informou ainda que o crime tem características de acerto de contas, mas que só as investigações irão apontar o real motivo.

Fonte: Coroatá Online

Continuar Lendo

Polícia

Em Pinheiro-MA, Idoso é preso por usar a própria mãe para tentar receber benefício previdenciário

O homem negou participação na fraude, informando, inclusive, que não conhecia a idosa de mais de 90 anos de idade

Publicado

em

Por

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu em flagrante, na manhã dessa terça-feira (21), um homem de 62 anos, suspeito de usar a própria mãe para tentar receber benefício previdenciário, em Pinheiro. A prisão foi coordenada por policiais civis da 5ª Delegacia Regional.
De acordo com o delegado regional de Pinheiro, Wolney Cesar Rubin, a polícia recebeu denúncias informando que dois idosos estavam em uma instituição financeira da cidade na tentativa de realizar um levantamento de benefício previdenciário se utilizando de documentos com procedência duvidosa. Os policiais civis compareceram na agência bancária e conduziram os dois suspeitos até a sede da delegacia de Pinheiro.
Após uma cuidadosa averiguação, a polícia descobriu que os documentos apresentados pela dupla eram falsos.
O homem negou participação na fraude, informando, inclusive, que não conhecia a idosa de mais de 90 anos de idade. Ainda segundo a polícia, dando continuidade em buscar mais informações sobre os dois suspeitos, foi descoberto que a idosa, que possui dificuldades de locomoção, audição, visão e fala, é, na verdade, mãe do autuado.
A polícia também informou que a idosa não tinha nenhum conhecimento acerca do crime.
Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao homem pelo fato dele ser o autor mediato do crime de estelionato, utilizando-se de sua mãe, que não possuía condições de discernir sobre a conduta criminosa ou se portar de outra forma
Continuar Lendo

Destaques da Semana