LAGO DA PEDRA-MA: PROFESSORA MARCELA REPUDIA A CONDUTA DO SINPROESEMA

Comentários 0

Na tarde do dia (28) Sexta feira, aconteceu uma reunião na sede do Sinproesema, para tratar sobre várias pautas, dentre elas o décimo 13º dos servidores da educação do Município, que encontra-se  em atraso desde o dia 20 do presente mês.
A reunião foi acalorada, sócios que encabeçarão a nova chapa sindical para 2019, fizeram vários questionamentos acerca da atuação do representante daquela instituição. Dentre os questionamentos estão o abandono da luta pelo reajuste salarial durante o ano em vigência, o acuamento da instituição diante deste tema, que representa um prejuízo financeiro enorme aos profissionais da área, e a falta de denúncias formais no Ministério Público da cidade.
A Professora Marcela lembrou que os únicos documentos formais que constavam no MP, era o termo de declaração assinados por vários colegas professores, em que oficializavam a denúncia por improbidade administrativa, e as condições insalubres das escolas, atraso do reajuste, etc.

PROFESSORA

E que vigorava também uma representação individual feita pela mesma, que trata especificamente sobre o reajuste salarial da categoria, mas, que, não constava nada da instituição formal que deveria os representar. Ademais, foram discutidos também sobre os acordos feitos em uma possível mesa de negociação, em que somente o Sinproesema (núcleo de Lago da Pedra), cumpriu os acordos da mesa de negociação, negociações estas rebaixadas, em que foi forjada a presença de professores eleitos em assembleia para acompanhar o desenrolar da negociação. Esses acordos só Deus pra saber o que foi, mas fazendo uma leitura nas entrelinhas, esses acordos e tal, tiveram a intenção de comprometer a dignidade dos profissionais em educação porque salário dá dignidade sim, valorização profissional também, não mobilizar a categoria e dá indicativo de greve, deve ter sido parte desses acordos, hibernar quanto ao assunto do reajuste, também deve ter sido parte desses acordos nojentos. Já pra encerrar a reunião, falou-se do décimo 13º, e que ação estava na justiça e sabe-se lá quando, o juiz plantonista, Dr. Marcelo, jugaria a ação. Algo que ao meu ver foi desnecessário todo esse pessimismo em relação ao Juiz por parte de alguns.
Segundo a Professora, é fácil responsabilizar ou culpa outros, quando na verdade, a instituição tem se omitido de muitos assuntos pertinentes, e que quando executa algo, abandona outros importantes, o porque eu não sei, Mas eu sei, que se existe alguém que vem fazendo a tarefa de casa todinha é o juiz. É fato, e todos
acompanham.

Texto: Professora Marcela

Os comentários estão desativados.

https://api.clevernt.com/0afa428e-0adf-11ea-8f8b-2a8506f909e7/