Connect with us

Dois suspeitos de sequestrar o gerente do Banco do Brasil e sua família, na cidade de Codó, na manhã de terça-feira (17/11), trocaram tiros com policiais militares do COSAR e acabaram sendo baleados.

Os criminosos estavam escondidos em uma região de matagal, a cerca de 15 km do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizado na BR-316, no município de Caxias. A polícia não divulgou a identidade dos criminosos.

Os bandidos foram socorridos pelos próprios PMs e levados para um hospital na cidade de Caxias. Eles não resistiram aos ferimentos e morreram. Com a dupla, a polícia apreendeu dois revólveres.

Não foi informado se outros sequestradores continuam escondidos na mata. Nenhum policial foi baleado durante a operação, que contou também com o apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) da PMMA.

O sequestro do gerente do BB e sua família, ocorreu na manhã dessa terça-feira (17), na cidade de Codó, a 297 km de São Luís. Uma parte da quadrilha ficou com a família refém. Outros criminosos levaram o gerente até a agência para sacar dinheiro.

Na agência, os bandidos colocaram explosivos no corpo do gerente, identificado como Antônio Miranda. Ele foi liberado sem ferimentos, após seis horas de operação.

O Esquadrão Antibombas, de São Luís, foi acionado para desativar os explosivos. Segundo informações da polícia, o explosivo era metade de uma banana de dinamite, com nitropenta, usada em mineração. Baterias com fios estavam ligadas ao explosivo.

Não há informações sobre valores levados pela quadrilha, que fugiu do local abandonando o gerente.

Família liberada

Os familiares do gerente foram sequestrados e liberados próximo ao distrito Km-17, na zona rural de Codó, sem ferimentos. A Polícia Militar informou que eles estão bem e não foram agredidos pelos criminosos.

Esse tipo de roubo a banco é conhecido como “sapatinho”, quando funcionários e seus familiares são sequestrados para facilitar a invasão de agências sem chamar atenção.

Continuar Lendo
1 Comment

1 Comment

  1. Anônimo

    18/11/2020 at 10:53

    Infelizmente quem escolhe esse caminho do mau tem esse final triste 😔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia

PM prende acusado de matar esposa de 17 anos em Barra do Corda-MA

Publicado

em

Por

PM prende acusado de matar esposa de 17 anos em Barra do Corda

Por volta das 21h:30min da última  quinta-feira, 26 de novembro, a Polícia  Militar prendeu o acusado do assassinato da jovem Isabel, ocorrido no último dia 21 de novembro na Vila Mariano II em Barra do Corda-MA. reveja o caso  no link abaixo.

EM BARRA DO CORDA-MA, JOVEM MATA NAMORADA DE 17 ANOS

Dudu, como é conhecido, foi preso em uma casa dentro de um matagal, próximo ao Povoado Dois Irmãos, que fica entre Barra do Corda e Tuntum.

PM prende acusado de matar esposa de 17 anos em Barra do Corda

PM prende acusado de matar esposa de 17 anos em Barra do Corda

Dudu estava armado com um revólver calibre 38.

Do Minuto da Barra

Continuar Lendo

Polícia

EM LAGO DA PEDRA-MA, HOMEM É MORTO COM TIRO NA CABEÇA

Lago da Pedra chegou ao seu 26º assassinato na manhã desta sexta-feira (27)

Publicado

em

Por

O crime ocorreu em plena luz do dia na Rua Coronel Pedro Bogea, em frente à Selaria Arruda, no Centro.

A vítima foi identificada como Osvaldo, morador do Povoado Santa Teresa. Ainda não se sabe os detalhes de como ocorreu a abordagem e nem a motivação do crime, mas o homem não teve tempo de reagir e sofreu um disparo na cabeça ainda dentro do seu carro.

Populares formaram uma aglomeração no local do crime. Uma equipe de atendimento médico foi acionada mas o homem já estava sem vida.

A triste sina de Lago da Pedra segue com essa onda de mortes, tanto pelos homicídios como pela Covid-19. 

A vítima: Osmar
Continuar Lendo

Polícia

Ex-candidato a vereador de Pinheiro é preso com drogas e R$ 200 mil em Turilândia

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na quarta-feira (25) no município de Turilândia, três indivíduos suspeitos da prática do crime de tráfico de drogas. Dentre os presos estava um ex-candidato que concorreu ao cargo de vereador no município de Pinheiro, a 333 km da capital, que não teve a sua identidade revelada.

Publicado

em

Por

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na quarta-feira (25) no município de Turilândia, três indivíduos suspeitos da prática do crime de tráfico de drogas. Dentre os presos estava um ex-candidato que concorreu ao cargo de vereador no município de Pinheiro, a 333 km da capital, que não teve a sua identidade revelada.
A prisão dos suspeitos aconteceu na manhã de quarta quando os policiais realizavam abordagens na cidade. Segundo a polícia, com eles foram apreendidos seis tabletes da droga conhecida como “crack”, além de R$ 200 mil em espécie. A prisão foi realizada por equipe da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).
De acordo com os policiais, os suspeitos não atenderam ao comando de parada e, além de tentar empreender fuga, resistiram em abrir os vidros do veículo em que estavam, chamando a atenção dos policiais civis que, ao realizar revista no interior do carro, encontraram o entorpecente em uma sacola, abaixo do banco traseiro, além da quantia em dinheiro que estava em uma bolsa.
Diante dos fatos, os suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados à sede da Senarc para lavratura do auto de prisão em flagrante pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.
Continuar Lendo

Destaques da Semana