Connect with us
Hora

Educação

Secretário Felipe Camarão comemora Lei que cria o Prêmio Escola Digna e a Bolsa Auxílio Educacional

No Maranhão, todo dia é dia de alegria com a educação!
Hoje o governador Flávio Dino sancionou a Lei que institui o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, que integram o programa Escola Digna e estabelecem mecanismos de incentivos à melhoria dos indicadores educacionais no Estado.

Publicado

em

Estimular os indicadores educacionais do Maranhão concedendo prêmios a escolas e auxílio em dinheiro a educadores. Foi com esse objetivo que o governador Flávio Dino sancionou nesta quinta-feira (29), no Palácio dos Leões, em São Luís, a Lei que oficializa o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, iniciativas que integram o programa Escola Digna, macropolítica estadual de educação.

Tanto o Prêmio Escola Digna quanto o Bolsa Auxílio Educacional são frutos do Projeto de Lei nº 319/2021, de autoria do Poder Executivo Estadual, aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), no último dia 13 de julho.

Prêmio Escola Digna tem por finalidade condecorar as escolas públicas que tenham obtido, no ano anterior ao da concessão, os melhores resultados de aprendizagem. A estratégia estabelece mecanismos de incentivos para melhoria dos indicadores, a partir da distribuição de recursos, a título de premiação ou contribuição financeira, tendo como base os resultados obtidos nas avaliações do Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (Seama), o exame é aplicado anualmente, de forma censitária, com os estudantes do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. As escolas premiadas recebem um auxílio financeiro de R$ 40 mil a R$ 60 mil, definidos conforme o número de estudantes avaliados.

Já o Bolsa Auxílio Educacional concederá auxílio mensal de R$ 600,00 a R$ 4.500,00 ao profissional da educação ao profissional da educação, servidor público ou não que, em decorrência do desenvolvimento de atividade formativa ou realização de pesquisa no ensino básico, participe em caráter eventual, de processo de formação, avaliação educacional, acompanhamento técnico pedagógico ou gestão de programas ou ações desenvolvidas com vistas à melhoria dos indicadores educacionais desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em regime de colaboração com os municípios.

O Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional têm como parceiros empresas da iniciativa privada que abraçaram a causa em prol da melhoria educacional no Maranhão. As iniciativas recebem o apoio da Associação Bem Comum, Fundação Vale, Fundação Lemann e do Instituto Natura.

“No Maranhão, todo dia é dia de alegria com a educação!
Hoje o governador Flávio Dino sancionou a Lei que institui o Prêmio Escola Digna e o Bolsa Auxílio Educacional, que integram o programa Escola Digna e estabelecem mecanismos de incentivos à melhoria dos indicadores educacionais no Estado. Mais uma importante ação do Governo do Maranhão que investe e está sempre em busca de meios para melhorar a qualidade educacional em todo Maranhão. Avante!”, disse o secretário Felipe Camarão.

Estímulo no retorno à sala de aula

Para o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a sanção da Lei chega no momento certo para estimular gestores, professores e alunos que se preparam para retomar as aulas presenciais no próximo dia 2 de agosto.

“O objetivo é a melhoria dos índices educacionais. Alfabetizar na idade certa, garantir aprendizagem adequada aos nossos estudantes. O melhor momento para fazer isso é no momento do retorno. É hora de voltar, fazer um retorno seguro. Com a sanção dessa Lei, nós teremos também esse estímulo para que os estudantes possam retornar às escolas e os professores possam ministrar bem suas aulas”, enfatizou o secretário.

Com informações Seduc

Educação

Felipe Camarão destaca a determinação do governo Flávio Dino pela transformação da educação no Maranhão

São Luís 409 anos – comunidade ludovicense celebra entrega de equipamentos educacionais requalificados pelo Governo do Maranhão

Publicado

em

Por

Felipe Camarão destaca a determinação do governo Flávio Dino pela transformação da educação no Maranhão.
“Agradeço por todas as melhorias realizadas nessa escola. Por sua incansável busca pela educação que realmente transforme vidas de crianças, adolescentes e jovens do nosso estado, sobretudo naqueles lugares mais longínquos que o senhor tem visitado com nosso secretário e visto as dificuldades. Obrigada pelos esforços incansáveis que os senhores têm feito pela educação do Maranhão”. A fala cheia de reconhecimento e gratidão, direcionada ao Governador Flávio Dino e ao Secretário de Educação, Felipe Camarão, é de Mariza Nobre, gestora do Centro de Ensino Renascença, no bairro Renascença, um dos equipamentos educacionais entregues pelo Governo do Maranhão, em comemoração ao aniversário de 409 anos de São Luís.
“Patriotismo se faz, verdadeiramente, com direitos, cuidando das pessoas! É o que estamos fazendo nesse 07 de setembro, em várias inaugurações educacionais, porque o direito à educação vem sendo ampliado no nosso estado com o Escola Digna, como estamos vendo nessa inauguração. teremos outras nos próximos dias, porque o Escola Digna acontece o ano inteiro”, enfatizou o governador Flavio Dino, também aproveitou para destacar o trabalho do secretário Felipe Camarão, à frente da Secretara de Estado da Educação (Seduc).
“Eu fiz questão de estar aqui para homenagear esse secretário que há mais tempo no cargo, nas últimas décadas. Mas, não só o que está há mais tempo, mas, o melhor que nós tivemos nas últimas décadas”, disse o governador Flávio Dino, mais uma vez reconhecendo o trabalho dedicado de Felipe Camarão, à frente da Seduc”, finalizou o governador.
E foi assim, nesse clima de emoção, orgulho, gratidão e resgate de memórias afetivas, que ocorreram todas as solenidades de reinauguração de obras entregues pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a comunidades de diferentes bairros de São Luís. Entre as obras, equipamentos educacionais reformados, ampliados, revitalizados e requalificados, uma Associação de Moradores totalmente reformada e uma Rua Digna pavimentada. As obras entregues nas últimas 24 horas fazem parte do conjunto de ações do Governo do Estado, em comemoração aos 409 anos da capital maranhense.
Continuar Lendo

Educação

Avaliação para todos os estudantes

Essa será a segunda edição de aplicação das provas do SEAMA e alcançará, diretamente, 325 mil estudantes, em 216 municípios.

Publicado

em

Por

Nos próximos dias, a rede pública de ensino do Maranhão será mobilizada para a aplicação das provas do Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (SEAMA), que foi criado no governo Flávio Dino, atendendo a uma antiga demanda da educação maranhense, que, por muito tempo, esteve entre as únicas do país que não possuía um sistema próprio de avaliação. Essa será a segunda edição de aplicação das provas do SEAMA e alcançará, diretamente, 325 mil estudantes, em 216 municípios. Mais um marco desta gestão.

Com essa avaliação, teremos subsídios necessários para que nossas escolas possam redirecionar seus projetos e ações pedagógicas, possibilitando maior eficácia de suas intervenções, sobretudo neste momento de retorno às aulas presenciais, após um período desafiante por que passamos, em formato de aulas remotas. É importante ressaltar que as provas do SEAMA terão foco em interpretação e resolução de problemas.A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com as redes de ensino de 216 municípios, aplicará as provas de Língua Portuguesa e Matemática, do Sistema de Avaliação, a estudantes do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio, seguindo um cronograma específico para cada nível de ensino, cujo período será de 30 de agosto, próxima segunda-feira, a 2 de setembro (quinta-feira).

No universo de 325 mil estudantes, que farão as provas, 87,5 mil são da 3ª série do Ensino Médio das nossas escolas da rede estadual. O público está subdividido em: estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental de 2.100 escolas; estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental de 2.568 unidades de ensino; estudantes do 9º ano, matriculados em 2.246 escolas de Ensino Fundamental e estudantes de 737 escolas que ofertam a 3ª série do Ensino Médio.

Logo após a aplicação do SEAMA, no período de 3 a 9 de setembro, a Seduc realizará a avaliação de fluência de leitura, para 90.104 estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental, em 5.956 escolas, localizadas nos 217 municípios maranhenses. Nessa avaliação, nosso foco será a habilidade e precisão com que os estudantes leitores decodificam o texto.

Portanto, ela acontecerá com a gravação de áudio das leituras realizadas pelos estudantes de palavras que constam no dicionário; leitura de palavras inventadas; e leitura de histórias (narrativas de domínio público). Com essa metodologia, pretendemos realizar um alinhamento de conhecimentos entre os profissionais da educação, que estarão envolvidos com a avaliação da fluência em leitura no Estado e municípios, além de subsidiar o trabalho pedagógico, a partir dos dados levantados.

Notadamente, esse processo de avaliação, que ocorrerá na rede pública maranhense, nos próximos dias, é determinante para o caminho de avanços e transformações, nessa avenida de Educação, que pavimentamos sob a liderança do governador Flávio Dino. Tal momento, que vivenciaremos, faz-nos evocar uma das reflexões que a professora e amiga Silvana Machado traz em seu livro “Avaliação da Aprendizagem. Entre Concepções e Práticas”, “A avaliação tem que ser reflexiva e articuladora com o objetivo de apontar novos rumos e encaminhamentos no processo ensino-aprendizagem” (BASTOS, Silvana. 2006, p. 91). Avante!

Felipe Costa Camarão
Professor
Secretário de Estado da Educação
Membro Titular do Fórum Nacional de Educação (FNE)
Membro da Academia Ludovicense de Letras
Sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão

Fonte: Seduc
27/08/2021

Continuar Lendo

Educação

Secretário Felipe Camarão cumpre agenda em Chapadinha com a Caravana Escola Digna 2.0

O debate contou com a presença de 250 pessoas.

Publicado

em

Por

O secretário de Estado da Educação Felipe Camarão, inicia mais uma semana de atividades, e cumpriu agenda na última terça-feira (24), promovendo debates pela educação no município de Chapadinha, onde contou com a presença de professores e várias autoridades.

“Seguimos com os debates pela educação com a Caravana Escola Digna 2.0, dessa vez em Chapadinha. Nosso 1° debate da semana contou com a presença de 250 pessoas, dentre elas, a deputada Thaísa Hortegal, prefeitos, vereadores, secretários municipais, professores e estudantes que trouxeram ideias para a construção deste novo momento do maior programa educacional em execução no Brasil.
É preciso avançar, agradeço a presença de cada um de vocês. Amanhã estaremos em Balsas. Avante!”, concluiu o secretário.

Continuar Lendo

Destaques da Semana