Connect with us
Hora

Notícia Geral

Temer escolhe Raquel Dodge para suceder a Rodrigo Janot

Publicado

em

A subprocuradora-geral da República Raquel Dodge – Jorge William / Agência O Globo / 27-1-2014

BRASÍLIA – O presidente Michel Temer escolheu, na noite desta quarta-feira, a subprocuradora-geral Raquel Dodge para o posto de chefe do Ministério Público Federal. Primeira mulher a ocupar o cargo, ela sucederá o procurador Rodrigo Janot, que na segunda-feira denunciou Temer por corrupção passiva. O anúncio contraria a tradição dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, que sempre escolheram o primeiro nome da lista tríplice dos mais votados elaborada pelo Ministério Público Federal.

 

Em maio do ano passado, quando o então ministro da Justiça Alexandre de Moraes declarou que iria sugerir ao governo que não indicasse necessariamente o primeiro da lista da ANPR, o presidente Michel Temer o desautorizou. Na ocasião a assessoria de Temer informou que quem escolhe o procurador-geral da República, a partir de lista tríplice do Ministério Público Federal, é o presidente da República. E que Temer manteria a tradição de escolha do primeiro da lista tríplice.

O mandato de Janot vai até 17 de setembro, mas a decisão de acelerar a nomeação de Raquel é uma tentativa de enfraquecer o atual PGR, que sofreu duros ataques de Temer num pronunciamento realizado ontem. Segundo interlocutores de Temer, o presidente vinha ouvindo conselhos divergentes de seus principais aliados em relação ao melhor momento da nomeação do substituto de Janot. Venceu, portanto, a tese dos aliados que defendiam que acelerar a nomeação do novo procurador pode atingir Janot.

Assim que o anúncio foi feito, a nova PGR se reuniu com Temer e o ministro da Justiça, Torquato Jardim. Ela foi avisada na tarde de ontem de que seria a escolhida para suceder Rodrigo Janot. A escolha do presidente ainda precisará ser referendada pelo Senado.

O porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, exaltou o fato de Raquel ser a primeira mulher a ser nomeada procuradora-geral.

— O presidente escolheu na noite de hoje a subprocuradora geral da República, doutora Raquel Elias Dodge, para o cargo de procuradora geral da República. A doutora Raquel Dodge é a primeira mulher a ser nomeada para a procuradoria — disse o porta-voz.

O presidente recebeu a lista hoje das mãos de José Robalinho, presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Com a decisão, o presidente rompe a tradição estabelecida em 2003, quando desde então é escolhido o candidato mais votado da lista tríplice. O primeiro lugar havia ficado com Nicolao Dino, candidato de Janot. Ele é irmão de Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão e adversário político de Sarney. Ele também já havia se posicionado favoravelmente à cassação da chapa Dilma-Temer, e por isso já era dado como descartado por aliados do presidente.

Após a conversa com Temer no Planalto, Raquel Dodge seguiu para o Senado onde já conversou com o presidente da Casa, senador Eunício Guimarães (PMDB-CE).

— Ela veio se apresentar e saber qual o roteiro da sabatina — contou Eunício.

Raquel Dodge já havia constado na lista tríplice entregue a então presidente Dilma em 2015, mas como a terceira colocada. O primeiro da lista era Janot, seguido de Mario Bonsaglia e de Raquel. Na lista entregue a Temer, a subprocuradora recebeu 587 votos, Mario Bonsaglia teve 564 votos e Dino, o mais votado, recebeu 621 votos.

CONHEÇA RAQUEL DODGE

Raquel atua hoje como subprocuradora-geral da República no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em matéria criminal. Participou da operação Caixa de Pandora que, em 2009, apontou um esquema de corrupção articulado pelo então governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (DEM) para a compra de apoio de deputados distritais.

 

Ela também atuou na equipe que processou criminalmente o ex-coronel da PM Hildebrando Paschoal, acusado de liderar um grupo de extermínio que agiu no Acre durante a década de 90. Raquel é mestre em Direito pela Universidade de Harvard e ingressou no Ministério Público Federal em 1987.

A procuradora contou com forte apoio de três peemedebistas: o ex-presidente José Sarney, o ex-presidente do Senado Renan Calheiros (AL) e o ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio (PR). Os dois primeiros são investigados pela Lava-Jato.

Fonte: O Globo

Continuar Lendo

Notícia Geral

No interior do Maranhão, jovem de 14 anos morre por Covid-19

Jovem de apenas 14 anos de idade, morre de Covid-19 em Lima Campos.

Publicado

em

Por

O caso ocorreu nesta sexta-feira (26), trata-se da jovem Edinielly Alves dos Santos, de apenas 14 anos de idade, faleceu por volta das 12hrs no HM de Lima Campos com sintomas da Covid-19.
Segundo amigos e familiares, ela começou a apresentar sintomas do vírus. “Os médicos fizeram de tudo, realizaram vários exames e ela já tinha sofrido 4 convulsões, e na 5º ela não resistiu”, contou uma pessoa ligada a família.
Edinielly estava morando na cidade de São Luis Gonzaga do Maranhão com a sua mãe. O pai dela reside no povoado Supapinho zona rural de Lima Campos.
Ainda segundo parentes, a jovem poderia ter tido uma bronquite mal curada, e com a Covid ela só se agravou.
Segundo a Secretária de saúde do município de Lima Campos, Lidiane Curvina, foi categórica em afirmar o seguinte sobre o caso dessa jovem:
“O exame de sangue deu negativo mas outros exames sugestivos”, disse a secretária de saúde.
O corpo da jovem foi enterrado na ala da Covid-19, no Cemitério Municipal Jardim das Acácias em Lima Campos.
Nossos sentimentos de pesar a toda família!
Informações Blog do Marcos Limma

Continuar Lendo

Notícia Geral

PERITORÓ CONTABILIZA DEZ MORTES POR COVID-19, DIZ SECRETARIA DE SAÚDE

Boletim epidemiológico, tem data do dia 25/02/2021

Publicado

em

Por

A secretaria municipal de saúde, divulgou um boletim epidemiológico , nele consta que dez pessoas morreram por Covid-19, porém, a referida secretaria , diz que os dados são correspondentes as informações encontradas no site da prefeitura até o dia 20-08-2020, e que foram atualizadas com informações do centro de atendimento Covid-19, aberto em 25-02-20201

Continuar Lendo

Notícia Geral

Polícia Civil prende suspeitos de vários crimes em Rosário-MA

A prisão dos dois suspeitos foi feita nesta quinta (25).

Publicado

em

Por

Uma ação da Polícia Civil, coordenada pela Delegacia Regional de Rosário, resultou na prisão de dois homens suspeitos de praticar os crimes de: tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e corrupção de menores.
A prisão foi feita nesta quinta-feira (25). Durante levantamento Policial, foi identificada uma residência com intensa movimentação de tráfico de drogas. Os Policiais cercaram a casa e um dos suspeitos se entregou, o outro atirou contra os Policiais que tiveram que revidar.
O homem ficou ferido e precisou ser encaminhado para São Luís. No local, os Policiais apreenderam: uma pistola calibre 9mm com numeração suprimida, uma porção prensada de maconha de aproximadamente 200 gramas, 22 trouxa pequenas de maconha, 11 munições 9mm é a quantia de R$ 505,00.
Informações Blog do Luís Pablo

Continuar Lendo

Destaques da Semana